Jaguar E 1/72 Hobby Boss - 87259
Escrito por Bunger   
Sex, 23 de Outubro de 2015 10:19

 photo 20151022_222548_zpsklky4rv7.jpg

Jaguar E - 1/72 - Hobby Boss 87259

Sobre a aeronave

O SEPECAT (Société Européenne de Production de l'Avion d'Ecole de Combat et d'Appui Tactique) Jaguar foi o produto resultante de uma joint-venture* entre a Breguet Aviation, francesa e a BAC (British Aircraft Corporation), Inglesa. O projeto atendeu especificações de 1963 para um avião de treinamento supersônico que permitisse aos pilotos uma experiência mais realista com caças de maior porte da linha de combate, e ao longo de sua história acabou também se tornando um importante vetor de combate, inclusive nuclear.

Ao longo das décadas de 60 e 70 várias versões surgiram, sendo basicamente:

  • Jaguar A: Versão francesa, de ataque monoplace com dois canhões de 30 mm e sistema de navegação para ataque;
  • Jaguar B: Versão inglesa de treinamento;
  • Jaguar E: Versão francesa de treinamento, mantendo os canhões porém sem sistemas de nav. para ataque;
  • Jaguar M: Versão francesa, monoplace com reforço no trem de pouso dianteiro para pouso em porta-aviões;
  • Jaguar S: Versão inglesa de ataque.

Em 1974, um Jaguar A demonstrou o valor da plataforma no cenário da Guerra Fria lançando uma bomba AN52 no Atol de Mururoa para fins de teste. O uso do Jaguar pela França só foi gradualmente encerrado após a Guerra do Golfo sendo concluído após a Guerra de Kosovo em 2004. No caso da RAF (Royal Air Force) o uso foi bem mais extenso, com os últimos quatro Jaguares aposentados em 2014. (fonte: http://www.thunder-and-lightnings.co.uk/jaguar/history.php)

*Joint-Venture: associação temporária entre duas ou mais empresas para exploração comercial de um determinado mercado.

Sobre o kit

O kit representa a versão francesa "E"  biplace em tandem e é composto por 110 peças opacas e três transparentes distribuídas em seis sprues. Foi todo moldado em baixo relevo com profundidade adequada para a escala e posteriores efeitos.

 

alt alt alt

Não se trata de um kit inédito, atualizando de forma considerável os kits disponíveis até o presente. A última vez que essa aeronave teve um molde novo foi através da Italeri em 2006. Infelizmente a Hobby Boss (HB) assim como sua "irmã" Trumpeter mantém sua irregularidade na produção de kits. No caso específico deste Jaguar E, algumas características me lembraram os easy kits que a HB lançou quando iniciou nesse mercado.

a banheira pelada... o assento ejetável. Não, pera... o canopy da discórdia...

O cockpit (cabine) em tandem (um assento atrás do outro) foi moldado de uma forma que me lembrou alguns kits encartados em revistas vendidos na década de 90. As laterais são absolutamente lisas, ou seja, não há painés, botões ou alavancas injetadas. Ao verificar esta característica, achei que essa ausência seria suprida por decalques, mas me enganei: só há decalques para os painéis frontais ! O modelista precisará ser hábil na arte de criar estes detalhamentos caso isso seja relevante para ele.

Alguns sites divergem sobre qual modelo de assento ejetável foi utilizando no modelo francês, ora indicando serem Martin-Baker Mk.4, ora Mk.9. O fato é que eram da Martin-Baker. A primeira observação sobre os dois assentos é que foram injetados em peça interiça, coisa cada vez menos comum nos moldes modernos. A segunda observação é que há uma protuberância injetada no encosto dos assentos - que não sei dizer se representa uma almofada ou cintos cruzados - mas que torna muito pior o que já é ruim.

Por último (e que pra mim é o pior ponto do kit) o canopy (dossel) foi injetado numa única peça, ou seja, mesmo que o modelista tenha habilidade e faça os melhoramentos no canopy e assentos, este esforço ficará oculto pela transparência a menos que sejam feitos cortes na peça, manobra bastante arriscada para os menos experientes. Essa opção da HB corrobora a visão de que ou este kit foi (des)tratado como um easy kit ou houve exatamente uma tentativa de ocultar esse interior extremamente ruim para os padrões atuais de projeto.

 

Apesar destas críticas, existem pontos positivos no kit. A qualidade de injeção é muito boa, as dimensões estão corretas, a posição dos painéis quando comparados à algumas plantas em escala apresentam uma correspondência muito boa com o avião real e as áreas internas como porões de trem de pouso são razoavelmente detalhadas para a escala 1/72.

A parte do canhão de 30mm é montada em duas partes e analisando as peças junto a realidade dão um efeito bem fiel.

ALT ALT

 

 Um detalhe que me chamou a atenção é o encaixe das asas. Na mairoria dos modelos que conheço, a aleta de guia para encaixe fica nas próprias asas. Neste kit as aletas ficam na carenagem do avião. Como o kit não foi montado ainda, não sei escrever no momento se este arranjo é melhor ou pior, mas que é diferente, é.

As tubeiras contém pétalas injetadas. Apesar de achar as mesmas bem simplificadas acredito que com pintura bem feita resolvam a representação para o tamanho 1/72.

O mastro de reabastecimento frontal é bastante fiel para a escala mas sua ponta de acoplamento pode ser substituída por uma de metal branco. Leme e profundores são igualmente bem projetados.

alt alt alt alt

O grande destaque do modelo em comparação aos anteriores é a quantidade de items subalares disponíveis - nada menos que 9 ítens:

  • 2 x BGL 1000
  • 2 x AJ-168
  • 2 x BLG66
  • 2 x PHIMAT
  • 2 x MATRA
  • 2 x ATLIS
  • 2 x BARRACUDA
  • 6 x MATRA BR.250
  • 6 x BAT-120

Por se tratar de um avião com função principal de treino, não me parece muito coerente tamanha quantidade de armamentos - aviões com essa finalidade em geral carregam poucas armas em poucas ocasiões, mas não deixa de ser um atrativo que pode ser útil até para uso em outros modelos franceses.

alt alt alt
alt alt

O manual é bem diagramado e possui um guia completo de disposição mísseis, foguetes e designadores.

alt alt ALT

 

São duas as opções de pintura do kit:

  • French Air Force, EC 2, 7 Argonnes, Armee de 1'air, E,7-PQ(E9) - padrão desértico
  • French Air Force, EC 2, 7 Argonnes, Armee de 1'air, E,7-PU(E22) - padrão verde e cinza

Os decalques são impressos com perfeição, sem problemas nos registros.

Conclusão

Trata-se de um kit que conta com algumas características estranhas para um molde moderno, mas de uma forma geral há espaço para melhorias que vão entreter os modelistas mais exigentes e permití-los contar a história deste versátil jato com elegância e beleza.

Referências

História do Jaguar: http://www.thunder-and-lightnings.co.uk/jaguar/history.php

Jaguar da Italeri: http://modelingmadness.com/scott/mod/italeri/1254preview.htm

Assento Ejetável do Jaguar: http://cs.finescale.com/fsm/modeling_subjects/f/2/t/157381.aspx

Walkaround: http://www.grubbyfingersshop.com/walkaround_galleries/SEPECAT_Jaguar-E_Walkaround_Gallery/content/index_2.html

 

Obrigado HobbyEasy pelo envio deste kit para review !

Hobby Easy

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum