Aviação WWII

Aviação WWII

Bf-110 G-4, Eduard, 1/72, Weekend

O Avião A versão Bf 110F provavelmente teria sido o último estágio evolutivo de um projeto que estava ficando obsoleto na época, se o sucessor, o Me 210, tivesse sido bem-sucedido. Mas o oposto era verdadeiro. O Me 210 foi uma decepção e assim o desenvolvimento do Bf 110 continuou. A nova versão, designada G,

Aviação WWII

Fw 190A-8 1/48 “Weekend” – Eduard # 84116

O FW 190A-8 O FW 190 dispensa apresentações. Basta lembrar que os projetos da última geração de caças aliados com motor a pistão (notadamente os Hawker Fury / Sea Fury e Grummann F8F Bearcat) foi fortemente influenciada pelo avião que causou um verdadeiro terror quando surgiu nos céus do Front Ocidental em 1941. O A-8

Aviação WWII

F6F-5N, Eduard, 1/72

 O F6F-5 apresentava várias melhorias em relação ao F6F-3 anterior. O motor R-2800-10W mais potente, com sistema de injeção de água, foi a principal mudança técnica. A tampa do motor foi ligeiramente remodelada, pois tinha uma área protuberante ao redor dos escapamentos, abaixo das abas de regulação de resfriamento no F6F-3, enquanto o F6F-5 não

Aviação WWII

BF 109G-14 “PROFIPACK” – 1/48 – EDUARD # 82118

Introdução O Messerchmitt Bf 109 formou a espinha dorsal da força de caças da Luftwaffe na II Guerra Mundial. Concebido no início dos anos 30 como um dos (senão o mais) moderno avião de combate do mundo, o projeto já apresentava sinais de esgotamento nos últimos anos da II Guerra. Para complicar mais as coisas,

Aviação WWII

P-51 B Mustang, Arma Hobby, 1/72

No total, foram construídos 3.738 Mustangs B e C. Destes, 900 foram entregues à RAF, as Forças Aéreas Polonesas na Grã-Bretanha, a RAAF, a RACF e a França Livre, que os operaram como Mustang Mk Ill. As modificações feitas pelos britânicos incluíram uma carenagem aprimorada do cockpit, conhecida como capota Malcolm que também foi implementada

Aviação WWII

P-39Q Airacobra, Arma Hobby, 1/72

O P-39 Airacobra foi um dos caças mais interessantes e inovadores da Segunda Guerra Mundial, os designers da Bell o equiparam com uma roda dianteira, um motor no centro de gravidade da fuselagem e um potente canhão de 37 mm. O motor foi originalmente equipado com um turbocompressor, o que proporcionou ao protótipo, que voou

Aviação WWII

Hawker Tempest Mk. V, Airfix , 1/72

O avião O Hawker Tempest V entrou em serviço na Royal Air Force no início de 1944, com os dois primeiros esquadrões a receber o avião, ambos operado anteriormente o Typhoon. Pensava-se que o gerenciamento da incrível potência gerada pelo motor do Tempest poderia representar problemas para os pilotos que viessem de aeronaves menores e

Aviação WWII

Spitfire IX F, Eduard, Profipack , 1/72

O F foi o primeiro Spitfire  MK. IX , sendo os primeiros exemplares,  eram de fato Mk.Vs reconstruídos . Essas primeiras aeronaves mantiveram muitas características do antecessor, incluindo as grandes bolhas sobre os compartimentos dos canhões. Estes foram concebidos para acomodar dois canhões 20mm cada um e algumas aeronaves voaram com este armamento bastante pesado.

Aviação WWII

Fw 190A-3 light fighter “Profipack” – 1/48 – Eduard # 82141

Este kit: Fw 190A-3 Após a primeira série de Fw 190A-1 e A-2, houve uma mudança significativa no design com a instalação do motor BMW 801 D-2. Esta unidade oferecia uma potência máxima de 1300 kW, que era 120 kW a mais do que a unidade BMW 801C-1 anterior. O aumento no desempenho foi alcançado

Aviação WWII

Bf-110 E, Eduard, Weekend, 1/72

Em meados de 1940 foi desenvolvido o caça-bombardeiro Bf 110E (Zerstorer Jabo). Era capaz de transportar quatro racks ETC 50 de 110 lb (50 kg) sob a asa junto com o rack ETC 500 na linha central. Inicialmente, o Bf 110 E-1 recebeu o motor DB 601B, mas a produção mudou para o DB 601P

Fique por dentro de nossas Novidades!!! Se inscreva para receber a nossa newsletter.