Z-526AFS Akrobat “Profipack” – 1/48 – Eduard # 82184

Eduard # 82184

Z-526AFS Akrobat

A história dos acrobáticos especiais da série Z-26 começou em 16 abril de 1966 com o vôo inaugural de seu primeiro monoplace Z-526A (A de Akrobat). No entanto, os requisitos de acrobacias pilotos eram mais altos, então, dois anos depois, o Z-526AS (Akrobat Special) foi preparado para o Campeonato Mundial na Alemanha. A aeronave atendeu aos requisitos FAR Parte 23 para a categoria de especial de acrobacia, com uma carga de +7/-4,5 g-força em comparação com a anterior +6/-3 g-força. Os flaps foram eliminados e a cabine recebeu um novo e melhor canopy. O motor Walter Minor 6-III de 160 cv foi mantido. Em 1969, o motor M-337 foi modificado para uma versão totalmente acrobática, o M-137ª, oferecendo 180 hp de potência. Todos os cinco Z-526AS produzidos foram convertidos para a versão Z-526AF, instalando o M-137A em uma fuselagem redesenhada (encurtada em 18 cm). Em um esforço para economizar peso, um sistema hidráulico trem de pouso com bomba manual foi instalado para que a aeronave pudesse voar sem bateria e gerador. O motor passou a ser ligado por uma fonte de alimentação externa ou manualmente.

Um novo tipo de aeronave acrobática (que veio em 1975 como Z-50L) ainda estava à vista e mais um campeonato mundial de acrobacias estava sendo realizado em 1972, o Z-526AF foi redesenhado ainda mais. Em 25 de setembro de 1970, a aeronave OK-YRA, convertida do AF versão para o AFS, decolou. A envergadura foi encurtada, ganhando esta versão seu apelido “Kraťas” (traduz “Baixinho”).

A asa recebeu ailerons gêmeos que, juntamente com novas juntas asa-fuselagem proporcionaram melhorias adicionais nas características de vôo. Além de cinco exemplares reconstruídos do Z-526AF, os novos exemplos Z-526AFS receberam novamente o trem de pouso operado eletricamente. Todas as modificações resultaram em um aumento de 35% na manobrabilidade do eixo longitudinal. E embora o Z-526AFS não fosse páreo para os melhores aviões acrobáticos da época, tornou-se popular com os pilotos e 45 unidades foram fabricados. Vários pilotos de sucesso, como Petr Jirmus, começaram sua carreira acrobática voando Z-526AFS. Também marcou o auge do grupo Box Trenér em 1982 com pilotos Jiří Tlustý, Božej Struž, Antonín Klimenda e Laco Trebatický.

Fonte: Manual do Modelo

Entre os lançamento de janeiro, a Eduard apresentou o Z-526AFS na escala 1/48. O modelo composto de duas árvores em plástico cinza, uma árvore de transparências, um fotogravado, com detalhes da cabine de pilotagem e externos da aeronave, e uma folha de máscaras para a pintura do canopy e das rodas do modelo. Com poucas peças e alta qualidade da injeção, sem rebarbas ou falhas, detalhes são finos e adequados a escala, o modelo representa com perfeição o pequeno avião acrobático theco. O interior da cabine de pilotagem é belamente detalhado, as superfícies externas finamente detalhadas. As transparências são de ótima qualidade sem falhas ou distorções. O conjunto de fotogravados traz painel de instrumentos, cintos coloridos, detalhes internos e externos da aeronave. Acompanha também uma folha de máscaras para pintura do canopy e um conjunto de peças de resina das rodas e dos suportes dos foguetes.

Os decalques das marcações e estênceis são de fabricação da própria Eduard, com o novo filme que pode ser retirado após a aplicação, fazendo com que as marcações copiem perfeitamente os detalhes em baixo relevo do modelo. Com ótima qualidade e impressão de alta resolução, representam perfeitamente as inscrições das 5 possíveis pinturas do acrobático theco. Como já verificado em outros reviews de montagem, os decalques da Eduard são finos, perfeitamente opacos e soltam-se da folha rapidamente após banhado em água morna. Fáceis de manipular durante a aplicação, não são quebradiços e aderem com perfeição.

O manual de instruções tem 20 páginas coloridas em papel couché, em formato A4, textos em checo e inglês, um breve histórico do Z-526AFS, o mapa de peças, com a tabela de cores (referenciada com as tintas para a linha da Gunze Sangyo) e os símbolos de montagem. Logo após as instruções de montagem e o mapa de aplicação das máscaras de pintura, as ilustrações dos esquemas de pintura e o esquema de aplicação dos decalques e dos estênceis do avião, tudo muito claro e bem impresso. Clique aqui para ver o manual

Esta versão “Profipack” oferece 5 belas opções de pintura, são elas:

Eduard # 648729

Acompanhando o lançamento do Z-526 na escala 1/48, a Eduard apresentou alguns conjuntos em resina da linha BRASSIN, entre eles o conjunto de rodas para o modelo, contendo três peças em resina cinza, de excelente qualidade, sem falhas ou rebarbas. Clique aqui para ver o manual.

Conclusão:

Dando continuidade a série de aviões treinadores e acrobáticos de fabricação theca, a Eduard apresenta esse belo modelo desse pequenino avião acrobático. Recomendo tremendamente para modelistas de todos os níveis, pois a qualidade da engenharia de construção da Eduard facilita muito o trabalho de montagem do kit. 

Obrigado à Eduard pelo envio do exemplar para review!

Like this article?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

Leave a comment

Fique por dentro de nossas Novidades!!! Se inscreva para receber a nossa newsletter.