Bf 110E Weekend Edition - Eduard 1/72 (7419)
Escrito por Henrique Castro   
Seg, 25 de Março de 2013 01:31

 photo Bf110E_caixa_zpsa4e88d00.jpg

Bf 110E Weekend Edition

Eduard 1/72 (7419)

 

O Avião:


O Messerschmitt Bf 110 era um caça pesado que serviu à Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial. Ele começou a ser produzido antes do início da guerra e foi mantido até seu término. O emprego do Bf 110 no entanto, como já mencionado em outros reviews aqui, foi marcado por altos e baixos. Inicialmente concebido como um caça de escolta multiposto de longo alcance, obteve sucesso nas invasões da Polônia, Noruega e França. Já na Batalha da Grã-Bretanha sua maior desvantagem, a falta de agilidade, ficou evidente e o Bf 110 sofreu pesadas baixas contra os mais manobráveis Hawker Hurricane e Supermarine Spitfire da RAF. Isso revelou também os problemas e as dificuldades da concepção de um caça bimotor multiposto, que foram desenvolvidos não só pela Alemanha, mas também por muitos outros países. O motor extra não compensava as desvantagens aerodinâmicas e o artilheiro traseiro não se mostrou tão vantajoso quanto na Primeira Guerra Mundial. Dos 237 Bf 110s utilizados pela Luftwaffe na Batalha da Grã-Bretanha, 223 foram perdidos. No entanto, os problemas enfrentados pelo Bf 110 levaram a Luftwaffe a um dos mais bem sucedidos reempregos do uso operacional de um caça. O Bf 110 foi utilizado como caça de superioridade aérea em outros teatros, reconhecimento, bombardeiro, e também como um dos melhores caças noturno da Segunda Guerra Mundial.


Algumas curiosidades sobre o avião:


O primeiro ás da aviação alemã na Segunda Guerra Mundial pilotava um Bf 110C, o Major Hannes Gentzen (1906-1940) do JGr.102.

Em abril de 1940, durante a invasão da Noruega, um pequeno grupo de Bf 110s, ao perceberem que os soldados que deveriam tomar um aeroporto não estavam lá, decidiram pousar e tomaram o local.

O sobrinho de Hermann Göring, Hans-Joachim Göring, voava em um Bf 110. Ele foi morto em ação em 11 de julho de 1940.

Foi num Bf 110 que Rudolf Hess, o vice-líder do partido nazista voou para a Escócia numa tentativa inusitada de negociar um acordo de paz.

O maior ás da aviação de caça noturna, o "Fantasma da Noite", Major Heinz-Wolfgang Schnaufer obteve 121 vitórias em 164 missões voando apenas em Bf 110s. No Imperial War Museum em Londres há o leme do seu avião com as 121 marcas.

 

O Kit:

 photo Bf110E_grade_zps16e02fcd.jpg

A versão do kit, como já diz o título do review, é a do Messerschmitt Bf 110E. Essa versão foi concebida como caça bombardeiro (Zerstörer Jabo), recebendo reforço na fuselagem e suportes para bombas sob as asas e o eixo.
O Kit da Eduard vem na sua edição "Weekend", o que significa que é uma versão com preço mais baixo. Nesse caso o kit não vem acompanhado de acessórios como photo-etched ou máscaras de pintura e traz apenas uma opção de marcação, mas a ótima qualidade que esperamos encontrar nos kits da Eduard é mantida.

O kit apresenta uma injeção de excelente qualidade, suas linhas são bem definidas e bastante finas como é necessário para essa escala. Nenhum defeito, marca ou rebarba foi notado.

alt alt
alt alt

Como o kit que abordamos possui exatamente as mesmas 8 árvores e 171 peças encontradas no Bf 110C/D (veja o review aqui) e também no Bf-110E Profipack (veja o review aqui), basta clicar em seus reviews para ver mais informações e fotos detalhadas das peças.

A Folha de Instruções disponibilizada pela Eduard pode ser encontrada aqui. Ao contrário desta, a versão impressa que vem na caixa não é colorida.
O cockpit, mesmo sem o set de detalhamento, possui uma boa quantidade de detalhes e há a opção de montá-lo aberto ou fechado.

alt alt

 

Versões e decais:


Os decais e as peças oferecidas permitem a seguinte versão:
S9+NN, 5./ZG “Wespen”, Ten Herbert Kutscha, Rússia, 1942.
Pintada no padrão RLM 70/74/75/76.

 photo Bf110E_versao2_zps07d0af93.jpg

Os aviões do Zerstörergeschwader ou ZG levavam no nariz seu símbolo, o desenho de uma vespa. Participaram da operação Weserübung, ofensiva alemã que invadiu a Dinamarca e Noruega. Também estiveram presentes na Batalha da França, África do Norte, e na Batalha de Kursk, além da defesa do Reich a partir de 1944. No leste os Bf 110s do ZG se destacaram em suas missões de ataque ao solo, fornecendo um importante apoio ao exército alemão.

O Ten Herbert Kutscha recebeu a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro e voou em mais de 900 missões nas quais contou 47 vitórias aéreas. Ele sobreviveu a guerra e faleceu em 2003 aos 86 anos.

 photo Bf110E_historia_zpsdb96d815.jpg

Bf 110E do Zerstörergeschwader em 1942.

A folha de decais é muito bem impressa, com um filme fino e não possui falhas. O símbolo de vespa tem pequenos cortes que permitem um ajuste melhor na fuselagem do nariz do avião.

alt alt

Conclusão:


Assim como outros reviews sobre a série de Bf 110s lançados pela Eduard apontaram, tratam-se de kits com excelente qualidade. O Bf 110E Weekend Edition mantém essa qualidade e é certamente recomendado.

 

Agradecemos à Eduard pelo exemplar deste review.

alt

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum