Badger: Krome x Velocity
Escrito por Augusto Versiani   
Ter, 29 de Janeiro de 2013 07:24

 

Os dois aerógrafos vieram numa excelente embalagem, que além de bonita e prática é bastante resistente. O Krome veio na versão dual, com um conjunto extra de capa bico e agulha para cobertura de áreas maiores.

 

 

Olhando os aerógrafos juntos é fácil perceber que a parte frontal, que a Badger chama de Shell, é a mesma em ambos os equipamentos, as diferenças se concentram na parte traseira, na parte mecânica interna e, é claro, no acabamento externo. O velocity tem um acabamento externo escurecido, bonito e bem diferente do usual. O Krome apresenta um acabamento tradicional, com um cromado bem brilhante. Uma coisa que percebi segurando os dois é que o Krome me pareceu mais pesado. Para tirar a dúvida pesei os dois e realmente o Krome é cerca de 15% mais pesado que o Velocity. Pesando outros aerógrafos que tenho, verifiquei que todos tem um peso próximo do Velocity, assim quem optar pelo Krome provavelmente vai sentir alguma diferença para o aerógrafo que costuma usar.

 

O copo de ambos é igual, como diferença apenas a tampa, que no Velocity é de plástico enquanto que no Krome é metálica. O limitador, dispositivo que permite limitar o curso do gatilho facilitando a reprodução de traços iguais, é parecido nos dois, mas no Krome existe uma escala numérica o que facilita retomar o trabalho interrompido, ou mesmo se reproduzir tempos depois o mesmo traço, apenas memorizando o numero da escala. Além disso, o cabo do Krome tem uma janela que permite o acesso ao dispositivo que fecha a pinça que prende a agulha. A função dele é pouco conhecida e vale explicar para que serve. Se você precisa interromper trabalho e não quer deixar a agulha exposta, basta puxar o gatilho para traz, soltar a pinça e soltar o gatilho. Com a pinça solta a agulha não se move e fica para dentro do corpo do aerógrafo. Para retomar o trabalho, basta puxar novamente o gatilho para traz, apertar a pinça e a agulha retornara a sua posição de uso. Tudo sem precisar desmontar a parte traseira O gatilho do Krome tem um desenho ligeiramente diferente, com um local maior para apoio do dedo o que me pareceu uma solução melhor. Os dois aerógrafos vem com bico 0,21mm e as agulhas são iguais.

c15_zpsa79ea025.jpg image by ipmsrio

 

 Na parte interna vemos outras diferenças, no mecanismo de tracionamento da agulha do Krome existe uma regulagem a mais que permite modificar a tensão da mola que faz o retorno do gatilho, com isso é possível ajustar o gatilho tornando seu acionamento mais "leve" ou "pesado". O Velocity não tem este ajuste. A peça que transmite o movimento do gatilho para o sistema de tração da agulha é solta no Krome, já no Velocity esta peça esta presa no conjunto de tração o que facilita a desmontagem/montagem. Ambos os aerógrafos vieram com um adaptador que permite a ligação a mangueiras de 1/8”, que é o padrão mais usado hoje. O Krome tem o conjunto capa/bico/agulha para areas grandes enquanto o Velocity tem apenas a capa, devendo-se comprar o bico e agulha separado.

 

As peças do Krome estão na parte de cima das fotos
c13_zpscd1949cd.jpg image by ipmsrio
c20_zps30473281.jpg image by ipmsrio

 

Conclusão

Como foi dito ambos são basicamente o mesmo aerógrafo,  portanto, devem ter desempenhos muito parecidos. O Krome tem algumas facilidades a mais, como a graduação no limitador e o acesso a pinça que prende a agulha sem ter de desmontar o cabo. Além disso, pode ser comprado na versão 2 em 1. No entanto é um equipamento mais caro.

Ambos são uma excelente escolha com uma relação custo/benefício muito atraente. A escolha por um ou outro, pelo que vi nesta analise, será baseada puramente em gosto pessoal.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum