Fiat BR 20 - Special Hobby 1/48
Qua, 18 de Julho de 2012 00:00

Imagem

 

Fiat BR20
Special Hobby 1/48
Cod: SH48068

O Avião:
O Fiat BR.20 Cicogna foi o primeiro bombardeiro italiano totalmente metálico, e se tornou o bombardeiro padrão da Regia Aeronautica de meados a fins da década de 1930. Junto com os trimotores Cant Z.1007 Alcione e Savoia Marchetti SM.79 Sparviero, compunha a tríade de bombardeio da Itália durante a Segunda Guerra Mundial.

A aeronave foi projetada pelo engenheiro-chefe da Fiat, Celestino Rosatelli, que na época, 1934, visava uma padronização do desenho dos bombardeiros nacionais. O primeiro protótipo do bimotor BR.20 fez seu vôo de estréia em 10 de fevereiro de 1936, em Torino Alitalia. Após seis meses de avaliações oficiais, o Cicogna entrou em serviço na Regia Aeronautica, com as primeiras 20 unidades sendo entregues em 26 de novembro de 1937. Estas unidades eram equipadas com motores Fiat A.80 RC.41 de 1.000 hp.

O Fiat BR.20 foi uma das aeronaves italianas que foram enviadas como apoio aos Nacionalistas do General Francisco Franco durante a Guerra Civil Espanhola. Como muitos outros modelos que mais tarde mostrariam suas verdadeiras incapacidades, o BR.20 acabou apresentando bons resultados na Espanha, sendo operado por dois esquadrões da Aviazione Legionaria.

Em 1939 foi finalizada a variante Fiat BR.20M (Modificado), que caracterizava-se por apresentar janelas mais amplas no nariz e uma melhor disposição dos armamentos defensivos, sendo também empregada na Espanha nos últimos estágios da guerra. Em 10 de junho de 1940, Mussolini declarou guerra à França e Grã-Bretanha, arrastando a Itália para a Segunda Guerra Mundial.

Já durante a curta ofensiva italiana contra a França, o Cicogna começou a mostrar cansaço. Como os demais bombardeiros contemporâneos da Regia Aeronautica, sofria com falta de armamento defensivo, sendo armado apenas com duas metralhadoras 7,7 mm montadas no nariz e torre ventral, e uma metralhadora 12,7 mm montada na torre dorsal.

Seu próximo desafio foi enfrentar a RAF. Baseados na Bélgica, os BR.20 realizaram algumas missões sobre o Canal da Mancha, com resultados desapontadores. O BR.20 foi ainda utilizado no Norte da África, na expedição italiana à Rússia, nos Bálcãs, na Iugoslávia e contra Malta. Teve ainda uma atuação de algum destaque no front de Manica, na Grécia.

Devido a já estar sem dúvida obsoleto, seu papel foi gradualmente passando de bombardeiro para reconhecedor, escolta de comboios e treinador. Ainda assim, como bombardeiro, graças a sua eficiente disposição do compartimento de bombas (com capacidade para 1.600 kg), obteve resultados semelhantes ao do consagrado Savoia Marchetti SM.79 Sparviero. Da primeira versão foi então desenvolvida a variante BR.20bis, equipada com os mais poderosos motores Fiat A.82 RC.42 de 1.250 hp. Curiosamente, 82 exemplares foram vendidos ao Japão, que os usou na Manchúria e na China.

Após o Armistício de setembro de 1943, os poucos BR.20s restantes foram parar nas mãos da Aeronautica Nazionale Repubblicana; somente um ficou com os Aliados no sul, sendo usado para tarefas de comunicação, e finalmente aposentado em 1946. Nenhum exemplar sobrevive hoje. No total, foram construídos 233 Fiat BR.20, 264 BR.20M e 15 BR.20bis.

DADOS TÉCNICOS (Fiat BR.20M)

Tripulação: 5
Comprimento: 16,68 m
Envergadura: 21,56 m
Altura: 4,75 m
Área alar: 74 m²
Peso vazio: 6.500 kg
Peso cheio: 10.100 kg
Motor: 2× Fiat A.80 RC.41 de 1.000 hp (746 kW)
Velocidade máxima: 440 km/h
Alcance: 2.750 km
Teto operacional: 8.000 m
Armamento: 3x metralhadoras Breda-SAFAT de 12,7 mm, 1.600 kg de bombas
Texto extraído de: saladeguerra.blogspot.com.br

Imagem

 

O Kit:
Esse modelo é um shortrun de qualidade melhorada em relação a lançamentos anteriores da Special Hobby. O que encontramos aqui é um modelo que não prima pelos detalhes mais finos na seu molde justamente pelo tipo de injeção. Os detalhes são razoáveis mas não iremos encontrar nada muito refinado. Por conta dessa característica a Special Hobby colocou junto um set de resina referente aos motores do avião e ai sim vemos uma melhoria na qualidade das peças.
O modelo é apresentado em uma caixa consideravelmente grande, o que pode trazer alguns dissabores na hora da importação por conta do frete, além de não ser um modelo barato. A caixa contem 07 sprues da montagem do modelo, um sprue da transparência, duas folhas de decal, uma folha de photoetched e a folha de instrução.
O modelo:

 

Detalhes do Modelo:
Apesar de ser um shortrun onde a ausência de detalhes mais refinados é algo comum, estou colocando algumas fotos para exibir alguns poucos detalhes que o modelo apresenta.

 

Transparência:
Possui uma boa qualidade, mas achei o desenho das estruturas muito finos e isso pode causar um certo trabalho na hora de mascarar para pintura.

Imagem

 

Folha de Decal:
Aparenta ser uma folha de excelente qualidade, com um filme bem fino e traz marcações para quatro aeronaves distintas:

 

Folha de Photoetched:
É pequena e simples, trazendo apenas o necessário para substituir peças que ficariam grosseiras demais na forma de injeção desse modelo:

Imagem

 

Peças de Resina:
As peças em resina são muito boas e bem injetadas e sem bolhas ou excesso de rebarbas:

Imagem

 

Esquema de Pintura:
A Special Hobby colocou quatro versões distintas do avião. Sendo uma em alumínio e três em tons, duas do tipo spotted e outra em bordos retos. Dentro da folha de instrução encontramos as versões impressas em tons de cinza, mas a Special Hobby colocou cada versão com uma impressão a parte colorida para facilitar o trabalho do modelista e mais duas folhas com fotos do modelo montado.

 

Folha de Instrução:
Impressa em tamanho A4, possui uma boa visualização das etapas de montagem e não deixa margens sobre as peças e sua identificação. Possui um pequeno histórico do avião além de um mapa das peças e é apresentada em polonês e inglês.

Conclusão:
É um modelo interessante para um avião pouco conhecido e que teve participação importante em alguns teatros de guerra. É um modelo destinado a modelistas mais experientes para lidar com resina e o tipo de injeção desse kit. A ausência de pontos de pinagem pode atrapalhar um pouco na hora montagem, mas com certeza um pouco mais de cuidado vai resultar em um belo exemplar desse bimotor italiano.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum