F-Rsin CV- 990 1/144
Escrito por Luis Carlos Lima   
Qui, 07 de Julho de 2011 14:18

Imagem

 

 

F-Rsin CV- 990 1/144 - Varig  Item FRP 4017

 

Histórico

A curta vida operacional do Convair 990 Coronado foi marcada por falhas graves em sua gestação e amadurecimento, resultando em sérios prejuizos para a Convair, que acabou se retirando da aviação comercial após o fracasso do Coronado.

Porém, nem tudo na curta vida do 990 foi desgraça ; notável em determinados aspectos, tais como velocidade elevada - cerca de mach 0.91 - o Convair 990 foi um desenvolvimento do 880, sendo alongado, capacidade para até 149 passageiros, e diversos refinamentos aerodinâmicos, o mais visível deles as carenagens aerodinâmicas instaladas por sob as asas, extendendo após o bordo de fuga, também utilizadas como deposito de combustível.

Depositando suas expectativas de sucesso em relação ao fracasso de vendas do 880, numa encomenda de 25 unidades por parte da American Airlanes, teve apenas 37 unidades fabricadas.

Muito querido pelos pilotos, era chamado de ´avião de piloto`, seu vôo era comparado ao de um caça, mas não era um ´aviao de banqueiro` como os donos das empresas aéreas preferem - um retorno imediato de seu investimento - o que não aconteceu com os 990 : custo operacional elevado, levava poucos passageiros em relação aos seus concorrentes diretos, o Boeing 707 ( até 202 passageiros ) e os DC-8-60s ( até 179 passageiros ), além do curto alcance - 6.100 kms, requerendo muitas escalas técnicas para reabastecimento.

No Brasil, 3 unidades voaram na Varig por poucos anos, os PP-VJE, VJF e VJG - oriundos de uma encomenda original feita pela Real Aerovias, mais tarde absorvida pela Varig.

A propaganda da companhia, na época, destacava a velocidade do jato como seu maior atrativo nos vôos para Los Angeles.

Interessante é que o 990 foi o maior jato a operar em Congonhas, até a chegada dos A300 em 1990 !


O kit do Convair 990

A francesa F-Rsin especializou-se em aviões civis e kits de conversão, de resina e injetados, com uma linha de modelos que outras empresas nunca se preocuparam em fazer : Martin 404, VFW 614, Yak 42, Breguet Deux-Ponts, Convair 880 - entre outros. Vale a pena uma visita em seu site : f-rsin.com

M.Laurent e seu time nos brindam agora com o excelente Convair 990.

O Kit que recebemos - FRP 4017 com marcações únicas da VARIG - desenvolvido em CAD, vem numa embalagem de cartolina armada de 40 x 26 x 3 cms, abertura laterais, com uma gravura digitalizada de perfi do 990 da Varig PP-VJF, que após aberta, revelam dois bags plásticos transparentes lacrados, sendo uma com a folha de instrução e decais, outra com um unico sprue, em plastico cor de areia bem claro, com as peças do kit em si.

Neste sprue temos 51 peças injetadas, finissímo baixo relevo, sem transparências e janelas abertas, numerados somente as peças que compõem as turbinas ( peças 1, 2, 3 e 4 ), e, como em todos os kits ´ short run `, não há pinos de encaixe ; há pontos de rebarbas e marcas dos pinos de injeção, mas nada que o modelista não possa resolver, sendo necessário um pouco de trabalho para finalizar o modelo. Valerá a pena !

Fiz um pequeno Dry Fit e será necessário ajustes no kit e uso de putty .A folha de instrução simples, em formato A-4, resume com diagramas bem fáceis de acompanhar sua sequência de montagem, como na maioria dos kits em 1/144, indicações das cores básicas a serem usadas ( no caso da VARIG, branco e metal natural ), posição dos decais e colocação de peso. Embore aconselhem cerca de 15 gramas, o modelista pode colocar um pouquinho mais. No manual a F-Rsin lembra que é necessário fazer alguns ajustes na montagens das turbinas. Reparei que - embora o diagrama seja simples - não há uma indicação quanto a colocação correta dos motores nas asas; neste caso, os motores externos são as peças 3 e 4 ( total de 4 pçs ) e internos as peças 1 e 2 ( total de 4 pçs ).

 

 

Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

 

Conclusão

Muito bom o lançamento da F-Rsin ! Quem sabe M. Laurent e seu time nos brindem com o Scandia da VASP , tomara.

Recomendado !



Agradecemos a F-RSIN pelo exemplar deste review











F-Rsin CV- 990 1/144 - Varig
Item FRP 4017

Imagem

Histórico

A curta vida operacional do Convair 990 Coronado foi marcada por falhas graves em sua gestação e amadurecimento, resultando em sérios prejuizos para a Convair, que acabou se retirando da aviação comercial após o fracasso do Coronado.

Porém, nem tudo na curta vida do 990 foi desgraça ; notável em determinados aspectos, tais como velocidade elevada - cerca de mach 0.91 - o Convair 990 foi um desenvolvimento do 880, sendo alongado, capacidade para até 149 passageiros, e diversos refinamentos aerodinâmicos, o mais visível deles as carenagens aerodinâmicas instaladas por sob as asas, extendendo após o bordo de fuga, também utilizadas como deposito de combustível.

Depositando suas expectativas de sucesso em relação ao fracasso de vendas do 880, numa encomenda de 25 unidades por parte da American Airlanes, teve apenas 37 unidades fabricadas.

Muito querido pelos pilotos, era chamado de ´avião de piloto`, seu vôo era comparado ao de um caça, mas não era um ´aviao de banqueiro` como os donos das empresas aéreas preferem - um retorno imediato de seu investimento - o que não aconteceu com os 990 : custo operacional elevado, levava poucos passageiros em relação aos seus concorrentes diretos, o Boeing 707 ( até 202 passageiros ) e os DC-8-60s ( até 179 passageiros ), além do curto alcance - 6.100 kms, requerendo muitas escalas técnicas para reabastecimento.

No Brasil, 3 unidades voaram na Varig por poucos anos, os PP-VJE, VJF e VJG - oriundos de uma encomenda original feita pela Real Aerovias, mais tarde absorvida pela Varig.

A propaganda da companhia, na época, destacava a velocidade do jato como seu maior atrativo nos vôos para Los Angeles.

Interessante é que o 990 foi o maior jato a operar em Congonhas, até a chegada dos A300 em 1990 !


O kit do Convair 990

A francesa F-Rsin especializou-se em aviões civis e kits de conversão, de resina e injetados, com uma linha de modelos que outras empresas nunca se preocuparam em fazer : Martin 404, VFW 614, Yak 42, Breguet Deux-Ponts, Convair 880 - entre outros. Vale a pena uma visita em seu site : f-rsin.com

M.Laurent e seu time nos brindam agora com o excelente Convair 990.

O Kit que recebemos - FRP 4017 com marcações únicas da VARIG - desenvolvido em CAD, vem numa embalagem de cartolina armada de 40 x 26 x 3 cms, abertura laterais, com uma gravura digitalizada de perfi do 990 da Varig PP-VJF, que após aberta, revelam dois bags plásticos transparentes lacrados, sendo uma com a folha de instrução e decais, outra com um unico sprue, em plastico cor de areia bem claro, com as peças do kit em si.

Neste sprue temos 51 peças injetadas, finissímo baixo relevo, sem transparências e janelas abertas, numerados somente as peças que compõem as turbinas ( peças 1, 2, 3 e 4 ), e, como em todos os kits ´ short run `, não há pinos de encaixe ; há pontos de rebarbas e marcas dos pinos de injeção, mas nada que o modelista não possa resolver, sendo necessário um pouco de trabalho para finalizar o modelo.
Valerá a pena !

Imagem

Imagem

Imagem

Fiz um pequeno Dry Fit e será necessário ajustes no kit e uso de putty :

Imagem

A folha de instrução simples, em formato A-4, resume com diagramas bem fáceis de acompanhar sua sequência de montagem, como na maioria dos kits em 1/144, indicações das cores básicas a serem usadas ( no caso da VARIG, branco e metal natural ), posição dos decais e colocação de peso. Embore aconselhem cerca de 15 gramas, o modelista pode colocar um pouquinho mais.

Também aqui a F-Rsin lembra que é necessário fazer alguns ajustes na montagens das turbinas.

Imagem

Reparei que - embora o diagrama seja simples - não há uma indicação quanto a colocação correta dos motores nas asas; neste caso, os motores externos são as peças 3 e 4 ( total de 4 pçs ) e internos as peças 1 e 2 ( total de 4 pçs ).

Imagem

Os decais são excelentes - quem conhece os decais da F-Decal sabe que falo - pouca sobra de filme, cores corretas e trazem as matriculas para o VJE, VJF e VJG; uma pequena cartela traz as bandeiras nacionais para aplicação na fuselagem e empenagem vertical.

Imagem

Imagem

Não é um kit para iniciantes, mas no geral, o kit é bem resolvido.

Uma boa pesquisa de fotos reais do avião vai ajudar a detalhar mais o modelo, que com certeza ficará muito bonito na estante, ainda mais tratando-se de uma aeronave da nossa Varig !

Imagem

Muito bom o lançamento da F-Rsin ! Quem sabe M. Laurent e seu time nos brindem com o Scandia da VASP , tomara.

Recomendado !

Agradecemos a F-RSIN pelo envio dos kits

_________________
Luiz Carlos-F100
----------------
Na bancada:
Um monte....mas vou terminar!!


Notificar esta Mensagem Detalhes da Mensagem Advertir Usuário Excluir mensagem
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum