Panzerjäger "Jagdtiger" early production - Tamiya 1/48 (32569)
Escrito por Júlio Martins   
Qui, 04 de Novembro de 2010 10:24


Tamiya 32569

Breve histórico:

O Jagdtiger foi inicialmente apresentado como "canhão de assalto" em Outubro de 1943. Sua função seria de veículo de apoio à infantaria, e construído sobre o chassis alongado do Tiger-II (alongado em 26cm).

Mas os alemães já consideravam no final de 1943, que era apenas uma questão de tempo até que os soviéticos desenvolvessem viaturas capazes de resistir até mesmo ao seu famoso 88mm, e por isso de imediato consideraram a possibilidade de o carro de combate também ser utilizado para apoio de unidades blindadas em missões defensivas contra carros de combate inimigos.

Além da impressionante blindagem, outra característica distintiva do Jagdtiger, era o seu canhão de 128mm, derivado do canhão anti-aéreo do mesmo calibre, e adaptado para arma anti-tanque.

A peça de 128mm era claramente superior a tudo o que até então havia aparecido no campo de batalha, e até ao final da guerra, nenhuma arma ultrapassou o Panzerjagger VI em termos de poder de fogo.

Como arma puramente defensiva, podia esperar o avanço das viaturas inimigas e escolher a uma grande distância quais os alvos que poderia atacar. Era quase considerada uma espécie de "bunker" móvel, e menos de 100 unidades foram fabricadas.

O kit

Depois do grande fervor da Tamiya com a reintrodução no mercado da opção 1/48 para militaria, quando forma lançados quase 50 novos kits em apenas dois anos, vivemos hoje uma grande "entre safra", quebrada agora com o lançamento do novo Jagdtiger!

Com agradável surpresa, vemos que, enfim, Mr. T. ouviu seus consumidores, e parece ter desistido dos cascos em metal fundido nos seus blindados 1/48. A intenção era de agregar a sensação real de "peso" no kit, mas por outro lado, detalhes se perdiam.

Uma solução intermediária aparece aqui. Temos, enfim, casco em plástico injetado, e a Tamiya oferece peças metálicas para agregar então o tal "peso" ao kit. Quem quiser usar, use.

Particularmente, me acostumei a pegar nos meus blindados 1/48 esperando o peso, e quando pego num HobbyBoss, por exemplo, que não tem peso, sinto a diferença e isso quase me incomoda. Nos meus kits que não tem peso, eu adiciono algum chumbo para ficar tudo no mesmo padrão. Coisa de modelista, cada um com sua mania...

Dito isso, vamos aos detalhes! Trata-se aqui de um exemplar "early", em cinco galhas embaladas individualmente (com exeção das rodas, com duas galhas no mesmo saco plástico), decais também  embalados individualmente e folhetos de instrução.

O novo casco plástico inferior se monta em quatro partes: laterais, fundo e traseira. Lamentavelmente, apesar do casco plástico, os braços da suspensão são fundidos juntamente com a lateral, com detalhamento quase zero.

Casco superior em uma grande peça que receberá os detalhes. Face frontal e traseira da torre em peças apartadas, provavelmente para possibilitar o lançamento da versão "late" no futuro.

Marcas de solda bem injetadas em locais precisos, mas não por todo o blindado. Grelhas vazadas na tampa do motor. Acompanha o torso de uma figura, para decorar como na arte da caixa, de boa injeção e aparência.

Alicate fundido na tampa do motor. Prefiro ela separada. A Tamiya possui esta ferramenta injetada separadamente em muitos de seus kits 1/48, como estão a pá, machado, macaco e outras. Lamentável.

Mantelete com a texturização da fundição, o que é fundamental. Canhão de 128mm seccionado longitudinalmente. Confiando no encaixe e engenharia Tamiya, não deve dar trabalho. Arma secundária (MG 42) muito bem injetada e de ótima qualidade.

Rodeiros de excepcional qualidade com belíssimos relevos. Esteiras do tipo "link and lenght", onde as maiores dimensões da lagarta são em peça única, e quando se faz necessário contornar a roda tratora, em links duplos.

Decais típicos da Tamiya, grossos e com bastante filme. Registro ok. Dá para usar, mas poderia ser muito melhor.

Instruções em folder preto e branco, com passos simples de seguir e muito bem desenhado, não parece apresentar problemas. AS instruções de pintura estão em outra folha, com profiles de quatro vistas em tons de cinza para as três versões de pintura possíveis, todas de unidades destinadas à defesa do Reich, baseadas na Alemanha em 1945.

Conclusão:

É um excelente kit, no nível da grande maioria dos kits Tamiya, mas não é o seu melhor blindado 1/48. É uma ótima base que precisa de um pouco de trabalho e pesquisa para melhor detalhamento.

Altamente recomendado!

Obrigado HOBBY LINK JAPAN pelo envio do exemplar para review.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum