Avro Lancaster B.I/B.III - Amodel 1/144
Escrito por Augusto Versiani   
Dom, 10 de Outubro de 2010 19:02

Amodel kit 1411

Em 1936 a Avro havia desenhado um novo bombardeiro bimotor, o Manchester, para atender as especificações da RAF p.13/36 usando no novo motor Rolls-Royce Vulture.  O motor  apresentou uma série de problemas, nunca resolvidos completamente, e o avião nuca atingiu seus objetivos.  A Avro passou então a desenvolver um novo avião quadrimotor que utilizaria os motores Rolls-Royce  Merlin para atender a uma nova especificação da RAF. Baseu este novo avião no próprio Manchester e batizou o avião de Manchester MK III. No entanto o Ministério do Ar deu preferência ao novo desenho da Handley-Page, o Halifax, e solicitou a Avro que desistisse do seu projeto próprio para produzir os Halifax. A Avro argumentou que a modificação na linha de produção seria muito dispendiosa, e que o mais simples seria mesmo produzir o Manchester III, agora rebatizado de Lancaster.  O Ministério do Ar cedeu aos argumentos da Avro e assim começou a produção do que seria o principal bombardeiro da RAF durante a WWII e de um dos mais bem sucedidos quadrimotores do conflito.

O Manchester

 

Avro Manchester

Em pouco tempo o Lancaster demonstrou todo o seu potencial, resistente, fácil de pilotar, com enorme capacidade de carga e muito versátil, mais de 7300 aparelhos foram produzidos sendo superado em números na Inglaterra apenas pelos Spitfire e Hurricane..  Além das operações normais de bombardeio, o Lancaster foi adaptado para operações especiais transportando minas, bombas de quase 6.000 kg ou ainda bombas especiais para destruição de alvos específicos. Operações como o ataque as represas do Ruhr e o afundamento do Tirpitz ajudaram a consagrar a fama deste excelente bombardeiro.

O Lancaster

O kit da Amodel vem acondicionado numa boa embalagem, que na tampa traz uma bela ilustração. Dentro da embalagem temos um saco plástico com as árvores do modelo, um com as rodas e calotas e um terceiro com os PES.

A começar pelas instruções já da para ver que é um modelo diferente do padrão usual da Amodel. As instruções são bem cuidadas, impressas em um folheto com ilustração, indicação de tintas  e uma montagem passo a passo. Bem diferente do padrão da marca que é manual bem simplificado e apenas com vistas explodidas. No final tem uma bem cuidada indicação de pintura das duas versões oferecidas. Numa folha a parte vem as instruções para a colocação das bombas no respectivo porão mostrando os vário arranjos possíveis.

Imagem Imagem Imagem

Imagem

Imagem

Razoável injeção, com linhas de painel bastante finas e adequadas a escala, ainda que sofram pequenas falhas de continuidade. Os detalhes do cokpit são adequados a escala, mas vai se ver muito pouco devido a baixa transparência do canopy. Os trens de pouso e bequilha são bem detalhados e existem duas opções para as rodas principais, pneus de borracha com calotas injetadas, ou rodas completamente injetadas.  As descargas são peças separadas e com detalhe adequado e as hélices vem com as pás separadas o que vai dar um trabalho a mais ao modelista.

Imagem Imagem

Imagem

Imagem
Imagem Imagem Imagem Imagem

As transparências são razoáveis mas pouco translúcidas, as torres de metralhadora são as partes piores com detalhes pouco definidos e rasgos para a passagem das armas muito grandes para a escala.

Imagem Imagem

No geral os decais são bem impressos e finos, com detalhes bem definidos e sem problemas de registro. No entanto neste exemplar as marcações nacionais maiores apresentavam falhas na tinta azul. No modelo não existem janelas transparentes, um pena, elas são substituídas por decai s pretos. Interessante notar que na folha principal a forma das janelas esta errada, no entanto uma folha adicional foi fornecida para substituição por decais nas formas corretas.

 As versãoes oferecidas são:

 Lancaster B Mk III, "Mickey th Moocher" Esquadrão n° 61, Skellingthorpe, 1944

 Lancaster B Mk III, ME499/ASoD Esquedrão n° 166, RAF Kimington, primavera de 1945

Imagem Imagem

Um folha de PE´s acompanha o kit com peças para o detalhamento do porão de bombas , somadas as duas árvores de bombas variadas,  vai se ter um bom montante de recursos para o detalhamento desta área.

Imagem Imagem

Conclusão

No geral este Lancaster esta acima dos padrões usuais da Amodel. Folha de instruções bem cuidada, muito pouca rebarba, qualidade de injeção bastante razoável e detalhes adequados são pontos de destaque. Do lado negativo esta a falta de transparências para as janelas laterais e a qualidade apenas razoável das transparências no geral. Mesmo com estes pequenos problemas é uma excelente escolha para quem quer montar  um bombardeiro quadrimotor da segunda Guerra  sem ocupar todo o espaço na estante.

Obrigado HOBBYTERRA pelo exemplar deste review.

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum