BF-109E-1 - Eduard 1/32 (3401)
Escrito por Júlio Martins   
Seg, 06 de Setembro de 2010 19:56

Eduard item 3401

 

Breve histórico

Johannes "Hannes" Trautloft nasceu na cidade de Grossobringen, Turíngia, Alemanha, em 03 de março de 1912. Alto (mais de 1,90m), amigável e muito franco, desde jovem foi fascinado pelo vôo, que floresceu no território alemão após a I Guerra Mundial, quando ele efetuou seus primeiros solos à bordo de planadores.

Coube a Trautloft e Kraft Eberhardt a honra das primeiras vitórias alemãs na Espanha, em 25 de agosto de 1936, quando cada um abateu um Breguet XIX das forças republicanas. Em 30 de agosto de 1936 Trautloft derrubou seu segundo adversário (um Potez 540), mas também ganhou a dúbia distinção de ser o primeiro piloto germânico a ser abatido na Guerra Civil espanhola. Por sorte, ele saltou de pára-quedas próximo às forças nacionalistas e pôde retornar à sua unidade.

Com o desenrolar do conflito, a União soviética passou a apoiar as forças Republicanas, fornecendo bombardeiros SB-2 e ágeis caças I-15 e I-16, que eram superiores ao Heinkel He-51. Deste modo, quatro protótipos do então novíssimo Bf109 foram entregues à Legião Condor, e Trautloft foi um dos escolhidos para testar em combate o novo avião. Nessa ocasião, desejando um distintivo pessoal, ele mandou pintar um coração verde ("Grünherz") em seu protótipo Bf 109V3, como uma homenagem à Turíngia, que fica no centro da Floresta Negra.

Quando a II Guerra Mundial começou, em 1º de setembro de 1939, Trautloft servia como Staffelkapitän do 2./JG 77 (2º Staffel da Jagdgeschwader 77), participando da invasão da Polônia, quando alcançou sua primeira vitória no conflito, ao derrubar um biplano PZL-23 em 05 de setembro de 1939.

Esta é a aeronave que veremos aqui, o BF-109E-1 "vermelho 1" de Trautloft.

Johannes "Hannes" Trautloft  sobreviveu à segunda grande guerra, tendo prestados relevantes serviços à Alemanha mesmo no pós-guerra, com a reestruturação da Luftwaffe. Ao longo de sua carreira, Hannes Trautloft voou 560 missões de combate obtendo 57 vitórias confirmadas (cinco na Espanha, sete na fren te ocidental e 45 no Leste). O lendário Kommodore da JG 54 faleceu de causas naturais em 11 de janeiro de 1995, aos oitenta e dois anos de idade.

Referências em luftwaffe39-45

O kit

No início de 2009, a Eduard lançou seu primeiro BF-109 1/32, sendo este justamente o modelo E-1 Profipack.

Hoje temos para review o mesmo BF-109 E-1, mas na versão weekend, ou seja, metade do preço do Profipack, mas sem os "mimos" que a Eduard oferece.

São 152 peças plásticas em oliva claro de alta qualidade, distribuídas em sete galhas, sendo uma transparente, embaladas duas a duas em sacos plásticos, e a transparência em um zip-lock sozinha. Acompanha uma versão de decal com set completo de stencils e instruções.

Não há rebarbas ou distorções, apenas pequenas depressões de injeção que precisam de um pouquinho de cuidado.

Apesar deste lançamento não contar com os famosos photoetches coloridos da Eduard, um set pode ser adquirido separadamente, mas todos os detalhes estão lá em plástico e não fazem feio.

As linhas de painel são rebaixadas e delicadas, com finos rebites rebaixados desenhando asa e fuselagem. Um outro ponto de destaque são as superfícies de controle, todas separadas, com detalhamento da estrutura e costura dos tecidos. Soberbo.

Motor DB601A completo, que pode ser montado e apresentado com o cowling aberto ou simplesmente ignorado e montado externamente, para algum projeto de diorama. A escolha é sua.

Rodas são da nova versão da Eduard, que atendeu às criticas depois do primeiro lançamento e modificou as mesmas. A Eduard promete para em breve novas rodas em resina na série Brassin, bem como novo motor. É esperar para ver, pois a vista dos primeiros lançamentos da série de resinas, promete sucesso!

Quanto ao "famoso" canopi para estes BF-109, aqui contamos com o correto, "early", diferente dos E-4/7. Veja a história toda aqui, no review do 109E-7 Troop (3004), e no review do 109E-3 (3002).

 Instruções e decais

Como usual nas versões weekend, apenas uma versão de decal é apresentada. Conta com stencils completos para a aeronave "vermelho 1" de "Hannes" Trautloft, no início da invasão da Polonia. Impressos na República Tcheca, estão com ótimo registro, cores firmes e sem excesso de filme extra.

Instruções em papel sulfite que orientam muito bem o passo a passo sem deixar dúvidas, incluindo ainda indicação para a correta aplicação dos decais.

Conclusão

A montagem do kit é simples e não apresenta dificuldades. A APRJ montou 109E-4 tempos atrás e nada de complexo foi observado.

Apesar dos equivocos de linhas já apresentados pela internet afora, inclusive aqui na APRJ, aidna julgo este kit como o melhor 109 na 1/32 já lançado. Talvez ainda façam um melhor, mas por hora, este aqui ainda vence de braçadas!

Altamente recomendado para quem deseja um rápido projeto, ou ainda para quem deseja uma base para super-detalhamento, com as vindouras peças Brassin e cockpits em resina.

Obrigado Eduard pelo exemplar para review!

http://www.aprj.com.br/images/photoartigos/_urubu/tn_IMG_4714.jpg
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum