B-2 Spirit - 1/144 - AMP # 14402
Escrito por Amilcar "Mobi" Mesquita Jr   
Ter, 03 de Setembro de 2019 00:00

IMG 7193

 AMP # 144002

 

O Avião

O Northrop Spirit (mais tarde Northrop Grumman) B-2, também conhecido como Stealth Bomber, é um bombardeiro estratégico pesado americano, com tecnologia stealth projetada para penetrar em densas defesas antiaéreas. É um projeto de asa voadora com uma tripulação de dois pilotos. O B-2 pode usar armas convencionais e termonucleares, como até oitenta bombas guiadas pelo Sistema de Posicionamento Global Mk 82 JDAM, da classe Mk 82 (230 kg), ou dezesseis bombas B83, de 1.100 kg (1.100 kg). O B-2 é a única aeronave capaz de transportar grandes armamentos ar-superfície, em uma configuração furtiva.

O desenvolvimento começou sob o projeto "Advanced Technology Bomber" (ATB), durante o governo Carter. O projeto ATB continuou durante o governo Reagan, mas as preocupações com os atrasos em sua introdução levaram ao restabelecimento do programa B-1. Os custos do programa aumentaram ao longo do desenvolvimento. Projetado e fabricado pela Northrop, mais tarde Northrop Grumman, o custo de cada aeronave era em média US $ 737 milhões (em dólares de 1997). Os custos totais de aquisição foram em média de US $ 929 milhões por aeronave, o que inclui peças de reposição, equipamentos e suporte de software. O custo total do programa, que incluiu desenvolvimento, engenharia e testes, atingiu em média US $ 2,1 bilhões por aeronave em 1997.

Por causa de seus consideráveis ​​custos de capital e operação, o projeto foi controverso no Congresso dos EUA. A desaceleração da Guerra Fria no final da década de 1980 reduziu drasticamente a necessidade da aeronave, projetada com a intenção de penetrar no espaço aéreo soviético e atacar alvos de alto valor. Durante o final das décadas de 1980 e 1990, o Congresso reduziu os planos de compra de 132 bombardeiros para 21. Em 2008, um B-2 foi destruído em um acidente logo após a decolagem, embora a equipe tenha ejetado com segurança. Vinte B-2 estão em serviço com a Força Aérea dos Estados Unidos, que planeja operá-los até 2032.

O B-2 é capaz de missões de ataque em as altitudes de até 50.000 pés (15.000 m), com um alcance de mais de 6.000 milhas náuticas (6.900 milhas; 11.000 km) com combustível interno e mais de 10.000 milhas náuticas (12.000 milhas; 19.000 km) com um reabastecimento no ar. Entrou em serviço em 1997 como a segunda aeronave projetada para ter tecnologia furtiva avançada, após a aeronave de ataque Lockheed F-117 Nighthawk. Embora tenha sido originalmente concebido principalmente como um bombardeiro nuclear, o B-2 foi usado pela primeira vez no combate com material convencional, não nuclear, na Guerra do Kosovo em 1999. Mais tarde, serviu no Iraque, Afeganistão e Líbia.

B-2-Spirit-Stealth-Bomber

 

 

O Kit

O Kit da Mikromir, com o selo AMP, é bem injetado sem falhas de alinhamento dos moldes e com bons detalhes. Algumas peças apresentam rebarbas, mas nada que seja difícil de tirar. O maior cuidado vai ser com os pontos de contato entre as peças e as arvores, um pouco grossos. As linhas de painel são proporcionais à escala. O interior da cabine de pilotagem é finamente detalhado, com painéis, assentos e detalhes internos bem representados. Os porões de roda, o compartimento de bombas, os armamentos as estruturas internas da fuselagem, os cabeamentos, são extremamente bem detalhados para a escala 1/144. A pequena transparência, que vem acompanhada de máscaras de pintura, não é perfeitamente translúcida e vai requerer algum tratamento para melhorar o aspecto. A folha de decais é bem impressa, com filme fino e sem excessos, cores sólidas e sem falhas de registro. 

 

IMG 7233 IMG 7234 IMG 7236 IMG 7237
IMG 7240 IMG 7241 IMG 7246 IMG 7247
IMG 7249 IMG 7251 IMG 7253

IMG 7255

A folha de decais é bem impressa, com filme fino e sem excessos, cores sólidas e sem falhas de registro. Permitindo montar quatro versões distintas do bombardeiro americano.

IMG 7226

 

O manual, em formato A4, com 12 páginas coloridas em papel sulfite, em russo e inglês, apresenta um pequeno histórico da aeronave, ficha técnica, uma tabela de cores com referência às tintas Gunze Mr.Color, o mapa das árvores e instruções bem claras e detalhadas. O esquema de aplicação dos decalques e pintura é bem detalhado, mostrando as quatro versões disponíveis.  

 

Scan edited-1 Scan-1 edited-1 Scan-3 edited-1 Scan-4 edited-1

 

Conclusão

O modelo da Mikomir é um “short run” e tem as limitações deste tipo de processo, mas dentro deste quadro a qualidade geral é muito boa, com ótimos detalhes. Além disto, é  muito superior ao antigo modelo do B-2 na escala 1/144 da Revell. Não é um kit para iniciantes, mas um modelista com alguma experiência vai ter um modelo único e bastante chamativo em sua coleção.

 

Obrigado á Mikromir pelo exemplar deste review

mikromir review

 
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum