USS Texas BB-35 - Eduard #53153 a #53157
Escrito por Ricardo P-40   
Qui, 07 de Abril de 2016 00:20

 photo T-01_zpswqagmopy.jpg

USS Texas BB-35 – For Trumpeter kit

EDUARD 53154 (pt 1), 53155 (pt 2), 53156 (pt 3) e 53157 (pt 4) – 1/350

 

O USS Texas BB-35

  photo T-02_zpsqhnzuser.jpg

O USS Texas foi o primeiro dos dois navios da classe New York de couraçados do tipo dreadnought da US Navy a ser construído, iniciou-se a sua construção em abril de 1911, foi lançado ao mar em maio de 1912 e comissionado em março de 1914. A época do seu lançamento o armamento do Texas consistia de 10 canhões de 14 polegadas (Mark 1), uma bateria secundária de 21 canhões de 5 polegadas, 4 tubos lança torpedos de 21 polegadas e 12 minas navais defensivas.

Durante as reconstruções de 1925 e 1942, o armamento secundário foi reduzido para 6 canhões de 5 polegadas e os tubos lança torpedos removidos, porém o armamento antiaéreo foi consideravelmente ampliado para 10 canhões de 3 polegadas, 24 (e mais tarde para 40) Bofors AA de 40mm e 44 Oerlikons AA de 20mm.

Tão logo foi comissionado, o Texas foi mobilizado para participar das ações da Marinha Americana em águas mexicanas que se seguiram ao chamado “Incidente de Tampico”. Durante a Primeira Guerra Mundial, o Texas ficou inicialmente limitado a defesa costeira dos Estados Unidos, porém no final de janeiro de 1918 ele se deslocou para a Inglaterra de forma se reunir a Grand Fleet no bloqueio a esquadra alemã. Suas ações nesse período se limitaram a algumas missões de escolta no Mar do Norte e ocasionalmente se reunir ao bloqueio propriamente dito. Nessa época a esquadra alemã já não se arriscava a ações ofensivas e não houve oportunidades para o Texas entrar em ação, sua última participação no conflito foi se juntar a esquadra britânica na escolta dos navios alemães que haviam se rendido.

No período entre guerras  o Texas esteve dividido entre missões de treinamento e períodos intercalados de serviço tanto no Atlântico, como no Pacífico. Esteve envolvido em vários experimentos de novas tecnologias, tendo sido em 1919 o primeiro couraçado americano a lançar um avião embarcado e em 1938 recebeu o primeiro modelo de radar embarcado (o CXAM-1) para fim de testes. Finalmente em 1925 passou por uma ampla reforma que lhe pôs em condições de assumir a posição de Nau Capitânia da esquadra americana logo após o seu retorno ao serviço.  

Durante a Segunda Guerra Mundial o Texas escoltou comboios através do Atlântico e participou dobombardeio de posições defensivas do Eixo no Norte da África e na Normandia. Foi posteriormente transferido para o Pacífico no final de 1944, onde prestou suporte as forças de desembarque americanas, realizando disparos contra as posições japonesas em Iwo Jima e Okinawa

alt alt

O Texas foi descarregado da US Navy em 1948, tendo recebido cinco Estrelas de Batalha da Marinha por serviços distintos durante a Segunda Guerra e atualmente encontra-se preservado próximo a Houston como navio museu. O Texas hoje é o último remanescente da era dos couraçados dreadnought e é um dos seis navios que participaram de ambas as guerras mundiais que ainda existem até hoje. 

 

 O Kit da Trumpeter 

 photo T-05_zpsbhzbxj5u.jpg

Este é um lançamento relativamente recente e representa o navio na  configuração da Segunda Guerra Mundial. Ele foi desenvolvido pela Trumpeter em conjunto com o kit do USS New York e compartilha diversas partes com o mesmo. A despeito de algumas discussões sobre do formato das bolhas anti-torpedos do casco, o kit é excelente e é considerado um dos kits mais bem detalhados dentre os navios da Trumpeter nessa escala. Sem sombra de dúvidas é um kit para o qual vale a pena se investir um pouco mais em acessórios para obter um resultado mais avançado no acabamento final.

 

Conjunto Eduard #53154

  USS Texas BB-35 pt 1 – AA guns 1/350 - For Trumpeter kit

  photo T-06_zpsjawko6of.jpg

Esse é o primeiro conjunto de  fotogravados da Eduard para o Texas  e consiste  em detalhes a serem aplicados nos canhões antiaéreos quádruplos Bofors de 40mm, nos canhões de 3”/50  e nos Oerlikons de 20mm. 

alt

O metal usado no fotogravado é de excelente qualidade e possui a dureza adequada para permitir dobraduras sem deformidades resultando numa aparência final das peças bastante convincente.   Os detalhes em geral estão muito bem representados e guardam uma aparência bem próxima ao que se pode observar nas fotos de perto desses canhões.  

alt alt alt

Lembrando que a montagem quádrupla dos Bofors era bastante complexa o que torna difícil uma representação adequada apenas com o plástico injetado e que na totalidade dos kits de navios americanos nessa escala, esses conjuntos ficam bem melhor representados quando determinadas partes são substituídas por  fotogravados. Os canhões de 3”/50, embora fossem mais simples, também serão bastante beneficiados pelas adições, principalmente na área do suporte, assim como também os Oerlikons ficarão com uma aparência bem melhor com os fotogravados a serem adicionados.

 alt

O folheto de instruções é impresso em várias cores sobre papel de boa qualidade e segue o mesmo padrão geral das instruções da Eduard. Ele traz inicialmente um diagrama geral do conjunto, seguido das instruções gerais de montagem. Estas são apresentadas na forma de diagramas de fácil compreensão, indicando as dobraduras e as montagens dos subconjuntos, assim como o posicionamento das partes sobre os canhões. Indicam também as partes do kit que eventualmente devam ser removidas para a aplicação dos fotogravados.   Tudo é mostrado de forma bastante clara e de acompanhamento bem compreensível.

Link para download dessa instrução direto da página da Eduard.

Esse conjunto inicial de fotogravados é uma excelente adição que irá melhorar sensivelmente a aparência do armamento antiaéreo do navio, com a inclusão de diversos detalhes. Porém lembrando que esta é apenas uma pequena parte das possibilidades de detalhamento do kit previstas pela Eduard, pois este foi concebido para atuar simultaneamente com os demais conjuntos a seguir.

 

  Conjunto Eduard #53155

USS Texas BB-35 pt 2 – railings & ladders 1/350 - For Trumpeter kit

alt

Nesse segundo conjunto de  fotogravados da Eduard para o Texas, são fornecidos um conjunto de amuradas externas, as escadas de acesso ao navio e as de interligação entre deques.

alt

O padrão das amuradas externas representadas no set, em geral, está bem mais coerente com o que se observa nas fotos do navio do que as do fotogravado fornecido com o kit da Trumpeter. Porém partes destas últimas ainda podem eventualmente ser aproveitadas nos deques superiores. O mesmo pode se dizer também das escadas de interligação dos deques que são um pouco melhores que as do kit, porém como a diferença entre elas é pequena, as do kit ainda podem ser aproveitadas para suplementar alguma eventual omissão.

alt alt

alt

O folheto de instruções segue o mesmo padrão observado no do conjunto anterior e nas demais instruções da Eduard. A única observação especial para os novatos é o de observar cuidadosamente o contorno do deque principal do navio na hora de dobrar cada uma das amuradas.

Link para download dessa instrução direto da página da Eduard.

 

Conjunto Eduard #53156

USS Texas BB-35 pt 3 – superstructure 1/350 - For Trumpeter kit

 alt

Esse terceiro set, é o maior e o mais variado dos quatro conjuntos, pois fornece detalhes para diversas partes distintas da superestrutura do navio. Nele encontramos: Substitutos para as guarnições dos canhões antiaéreos do deque superior, substitutos para a ponte que fica sobre o mastro principal do navio e para a que fica atrás da chaminé, para a catapulta do hidroavião posicionada sobre a torre “C”, para os guindastes e os detalhamentos da chaminé, dos botes, dos mastros e hidro aviões.

alt

Apesar das guarnições dos canhões antiaéreos desse kit estar dentre as mais finas que já foram injetadas nessa escala, o fotogravado permite que se obtenha um aspecto mais realista de chapa metálica curvada, tal como era no original. 

alt alt alt

Ambas as pontes elevadas também são muito bem feitas no kit, porém aqui a principal vantagem do uso do fotogravado reside na espessura das paredes dessas na área das janelas, que é impossível de se obter com o plástico injetado. No fotogravado do kit é fornecida uma catapulta para o navio, porém comparando-a com a do set da Eduard, os detalhes nesta ultima me parecem estar bem mais de acordo com o que se observa nas fotos do navio. O mesmo se aplica aos dois guindastes, que além de melhor representados e detalhados, vem com mais detalhes para os seus suportes. Os detalhes para os demais subconjuntos são excelentes e com certeza irão adicionar mais vida a cada um deles, em especial nos botes e nos dois OS2U Kingfisher.

alt alt

O folheto de instruções segue o padrão da Eduard observado nos outros sets, devendo-se prestar mais a atenção nas partes originais do kit a serem removidas que nesse set serão em grande número.

Link para download dessa instrução direto da página da Eduard.

 

Conjunto Eduard #53157

USS Texas BB-35 pt 4 – deck 1/350 - For Trumpeter kit

 alt

O quarto e último set dessa série, é voltado para o detalhamento do deck principal. Nele estão os detalhes do castelo de proa, escadas e outros detalhes das torres principais, detalhamento das barbetas dessas torres e substitutos para as guarnições do convés principal.

alt

É surpreendente a quantidade de detalhes prevista nesse set para a área do castelo de proa, os itens vão desde as grades de proteção das passagens das correntes das âncoras ao topo dos postes de amarração além de outros detalhes menores. No que se referem as torres principais, além de substitutos para as escadas e ranhuras das barbetas, estão previstas os corrimãos e as tampas de bronze que protegiam a boca dos canhões quando inativos.

alt alt

O folheto de instruções permanece seguindo o mesmo padrão dos anteriores, não havendo nada além do que já foi dito antes a ser comentado.

Link para download dessa instrução direto da página da Eduard.

As fotos a seguir foram tiradas das páginas da Eduard e dão uma visão bastante precisa do quanto esses quatro conjuntos irão adicionar ao aspecto final do kit. 

alt alt alt alt
alt alt alt alt
alt alt alt alt
alt alt alt alt

Em resumo, esses quatro sets, embora possam ser adquiridos em separado, causarão muito mais efeito no acabamento final se forem aplicados em conjunto ao navio.  Cabe ainda registrar que devido ao fato do USS Texas ainda existir preservado numa configuração muito próxima a representada pelo kit da Trumpeter, existe uma grande quantidade de referências sobre ele, tanto em publicações impressas, quanto nas páginas da internet. Tais referências certamente serão de grande utilidade tanto na hora da montagem do kit, como na aplicação dos detalhes fotogravados e também na pintura dos detalhes.

Considerando a complexidade do navio e o número de partes em fotogravados envolvidas, recomendo esses conjuntos para modelistas que já possuam pelo menos uma pequena experiência com fotogravados.

Agradecemos a Eduard pelos quatro conjuntos fornecidos para a elaboração deste Review.

 alt

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum