Junkers JU-87 B1 Airfix 1/72
Escrito por Augusto Versiani   
Qua, 24 de Fevereiro de 2016 00:10

 

 

O Avião

Lento, pouco manobrável, mal armado e com trem de pouso fixo, nada poderia levar a crer que o Junkers JU-87, seria um dos mais conhecidos aviões da segunda guerra e que Stuka, a abreviação de Sturzkampfflugzeu (bombardeiro de mergulho) se tornaria um nome que causava terror as tropas inimigas.

A superioridade aérea alemã no início da guerra permitia que o Ju-87 operasse livremente sobre o território inimigo. Graças a isso sua capacidade de mergulho quase vertical, grande resistência e precisão, o tornaram arma fundamental para a vitória alemã na Polônia e França. No entanto ao ser usado na batalha da Inglaterra, contra uma força aérea moderna e com cobertura de caças insuficiente o JU-87 sofreu perdas pesadas e foi retirado da linha de frente. Uma nova oportunidade apareceu na campanha da Rússia, contra uma força aérea numerosa, mas com aviões nitidamente ultrapassados, o JU-87 mostrou mais uma vez todo o seu potencial como arma de apoio tático. Por fim, já nas ultimas versões foi utilizado com razoável sucesso na função de destruidor de tanques no front russo.

 

Fonte http://christophe.arribat.pagesperso-orange.fr/stofju87.html

 

 

O Kit

A Airfix lançou seu novo Junkers 87 na 1/72 e para isso escolheu uma verão nunca antes produzida nesta escala, a B-1.

O kit tem linhas de painel finas, mas um tanto profundas como é de praxe nos novos lançamentos da Aifix. A qualidade da injeção é muito boa com detalhes nítidos e praticamente sem rebarbas. O interior é bastante detalhado, peças separadas formam o conjunto de detalhes internos nas duas laterais da cabine, existem duas opções de banco, com e sem cintos, para permitir o uso ou não o uso tripulantes incluídos. Coluna de controle, pedais injetados junto com o piso e painel de instrumentos, em decal, completam o interior. Um detalhe nunca visto nesta escala em qualquer Ju-87 que eu conheça é a janela de mira colocada no chão logo à frente do assento do piloto. O nariz do avião é uma peça separada do resto da fuselagem e os escapamentos também são peças individuais. A montagem das asas segue um padrão bem diferente do usual, uma estrutura sai da parte central e fica inserida nas seções externas dos dois lados, além disso o manual recomenda que primeiro se monte a parte superior para só depois es montar a parte inferior. Os pneus têm detalhes pouco nítidos, mas já são representadas de forma a mostrar o peso do avião em solo. Uma pequena aba mostra a posição correta da montagem das rodas, seja para se montar a representação em voo seja para se mostrar o avião no solo. A cobertura das rodas mostra corretamente a emenda lateral existente. O armamento compreende um bomba de 250 kg e quatro de 50 kg, a metralhadora das asas é uma peça separada a ser colocada num rasgo existente no bordo de ataque e a metralhadora da cabine tem uma representação simplificada. A hélice tem uma boa representação e está correta para a versão B1.

 

 

As transparecias são de boa qualidade finas e sem marcas, incluem a possibilidade de se montar o canopy fechado ou aberto, mas neste segundo caso as seções superpostas são moldas em uma única peça o que vai dificultar a pintura dos montantes. São incluídos também lente do farol, colimador e a janela do assoalho.

 

 

Os decais são de ótima qualidade, com filme fino e sem problemas de registro permitindo-se fazer duas versões:

  • 9./STG 51, Norrent-Fontes, Fraça, agosto de 1940
  • Kampfgruppe 88, Legião Condor, Espanha, 1936

 

 

 

 

O manual apesar de não trazer o mapa das peças é bem ilustrado, com as etapas mostradas em duas cores de forma a destacar cada parte da montagem, mostro aqui algumas páginas que destacam partes importantes na montagem.

 

 

 

Conclusão

Este é um grande lançamento da Airfix nesta escala, pela primeira vez temos um Ju-87B-1 que pode representar tanto os aviões usados na Polônia e França com também na guerra civil espanhola. As peças separadas, como descargas, seção do nariz e hélice, indicam que novas versões não devem demora a sair. Altamente recomendado.

Kit comprado pelo autor.

Veja aqui os complementos da Eduard para este kit.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum