Spermarine Swift FR.5
Escrito por Augusto Versiani   
Qui, 31 de Dezembro de 2015 00:30

 

O Avião

O Supermarine Swift, um caça interceptador, foi produzido sob grande prioridade no início dos anos 50, já que pressionada pela constante tensão existente entre leste e oeste a Inglaterra precisava com urgência de um novo interceptador a jato. O Swift foi o primeiro avião inglês com asas enflechadas, no entanto o projeto não foi um sucesso, as primeiras versões sofreram vários acidentes e os aviões tiveram seus voos suspensos temporariamente. Sem nunca conseguir um bom desempenho o Swift teve uma carreira curta sendo logo substituído pelo Hawker Hunter. No entanto a última variante, o FR.5, avião de reconhecimento que teve a fuselagem alongada para receber os equipamentos fotográficos, mostrou um excelente desempenho e missões de baixa altitude, tendo as unidades que o operavam ganho várias competições militares nesta função. Os pilotos também apreciavam o avião, para surpresa de seus colegas que pilotavam a versão de caça.

 

 

O Kit

O novo modelo da Airfix tem linhas de painel em baixo relevo finas, mas um tanto profundas. A cabine é bem detalhada com assento que permite escolher dois tipos de almofada, com ou sem os cintos, tem os painéis laterais detalhado e o colimador em plástico transparente, o detalhamento do painel de instrumentos fica por conta dos decais fornecidos. No nariz existe a opção de se colocar os visores das câmeras fechados ou em plástico transparente e o manual indica a colocação de 2 gramas de peso ali para evitar que o modelo fique com o nariz levantado. O leme vertical é uma peça separada, mas os horizontais são feitos em uma única peça e o manual indica o ângulo correto de instalação dos últimos. Os flaps podem ser montados tanto na posição aberta quanto fechada e o manual indica o ângulo correto de montagem caso seja preferida a posição aberta. A asa tem detalhamento interno que ficara visível com o flap acionado. Os ailerons são peças separadas o que permite variar sua posição. O porão de rodas e as portas do trem de pouso não tem detalhamento interno, mas podem ser montados tanto fechados como abertos e para isso existem peças separadas para cada caso. As transparências são de boa qualidade, finas, sem falhas ou distorções. A parte frontal vem em duas peças o que vai exigir certo cuidado na hora de colar.

Os decais tem ótima qualidade, com filme fino sem falhas de registro ou de cores e permitem fazer duas versões:

  • No II (AC) Squadron, Royal Air Force Germany, Jever, 1956
  • Voado pelo Flight Lieutenant Nigel Walpone, No 79 Saqudron, Royal Air Force Germany, Guntersloh, Alemanha, abril de 1956

 

 

 

 

O manual encadernado com grampos é bastante detalhado mostrando o passo a passo com clareza e indicado em vermelho a posição dos subconjuntos em cada etapa de montagem, inclui também desenhos em quatro vistas, em cores, com a indicação de pintura de cada versão. Numa folha a parte, também em 4 vistas, são mostradas as posições dos estênceis

 

 

 

Conclusão:

Ainda que não seja muito conhecido, o Swift é um belo avião, e este lançamento da Airfix é uma bela opção para que gosta dos jatos dos anos 50.

 

Veja o que a Eduard lançou para complementar este kit

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum