Técnica: Produzindo máscaras circulares - Parte 1
Escrito por Gustavo Bunger   
Seg, 16 de Novembro de 2015 15:48

Produzindo máscaras circulares - parte 1

Ninguém discute o quanto as fitas de mascaramento são úteis ao modelismo. Sejam estreitas, largas, improvisadas, de papel ou de vinil representam o maior aliado do hobbysta na hora de reproduzir pinturas complexas.

Há entretanto uma necessidade de uso da fita que nem sempre é possivel atender: o mascaramento de áreas circulares. Existem peças onde precisamos proteger algumas áreas neste formato e pela própria natureza geométrica das fitas (normalmente produzidas em faixas enroladas) fica difícil cortá-las de modo que fiquem perfeitamente circulares.

Neste primeiro artigo vou mostrar como é possível produzir máscaras nesse formato usando materiais bem comuns da bancada:

  • Fita de mascaramento (masking tapes), preferencialmente a partir de 10 mm de largura;
  • Um mini-mandril manual (pin vise);
  • Uma agulha de costura nova;
  • Uma pinça de ponta bem fina (agulha) para retirar as máscaras;
  • Um gabarito: pode ser um elemento circular, como uma moeda, ou um circulógrafo profissional. Basta que seja do tamanho da sua necessidade.

Como exemplo uma utilização típica: mascarar janelas de helicópteros. Essas janelas normalmente precisam ser coladas antes do fechamento da carenagem, portanto para facilitar o mascaramento, gosto de cobrí-las antes de colá-las.

Janelas

Essas janelas são injetadas de uma forma típica: a parte que ficará dentro da carenagem é injetada na forma quadricular e a parte que fica para fora, circular.

O primeiro passo é utilizador o mandril como um riscador (scriber). Para isso basta enfiar uma agulha de costura na ferramenta e apertar bem.

alt   alt

Em seguida, posicionar e travar o elemento que será usado com gabarito numa base. Neste exemplo usarei uma base de corte (cutting mat) para não prejudicar a mesa. Utilizei um gabarito metálico para riscamento (scribbing), posicionei um pedaço de fita abaixo do gabarito e prendi este último na base de corte também com fita. Isto previne que hajam movimentos na hora do corte, danificando a máscara circular.

alt   Alt

Um vez que o conjunto esteja posiionado, basta apoiar a agulha no círculo escolhido no gabarito e riscar suavemente, procurando manter o mesmo sentido e ir riscando entre três a quatro vezes até perceber que a fita embaixo do gabarito foi cortada. Não é preciso ter força e sim persistência no movimento feita com a agulha.

 alt alt 

Feito o corte, basta inserir com cuidado a ponta da agulha na borda cortada e puxar. Essa é a máscara circular pronta para ser aplicada.

alt

Neste exemplo foi possível criar máscaras de 6.5 mm, que "casaram" perfeitamente com as janelas do kit, um CH-46 Sea Knight 1/72.

No próximo artigo mostrarei como usar um punch and die para criar máscaras bem menores. Até lá !

 

 

-----------------

Salvo onde indicado, todas as fotos deste artigo são de propriedade de Gustavo Bunger. Caso queria utilizar basta citar a fonte.

Contato: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum