BMW Z4 GT3 - 2013 - FUJIMI - Esc.:1/24
Escrito por Ricardo J. P. Costa   
Qui, 19 de Novembro de 2015 00:00

 

 

 

BMW Z4 GT3 - FUJIMI Ref.: 126081 - Esc.:1/24

 

NASCE UM MITO DO AUTOMOBILISMO:

A criação da BMW está ligada a Karl Rapp e Gustav Otto. Em 1917, a empresa Rapp Motorenwerke tornou-se a Bayerische Motoren Werke GmbH, transformando-se ena AG em 1918. Em 1916, a empresa Flugmaschinenfabrik de Gustav Otto foi incorporada à Bayerische Flugzeug-Werke AG (BFW) a pedido do governo alemão. Em 1922, a BMW AG transferiu suas operações de fabricação e montagem de motores – incluindo a empresa e os nomes da marca – para a BFW. A data de fundação da BFW, 6 de março de 1916, entrou para a história como a data de fundação da Bayerische Motoren Werke AG (BMW), produzindo motores para a aviação.

1919: Em 17 de junho de 1919, o piloto Franz Zeno Diemer estabeleceu um novo recorde mundial de altitude. Em apenas 87 minutos ele pegou seu avião e atingiu 9.760 metros acima do nível do mar, um marco jamais alcançado até aquele momento. Para esse voo recorde, a BMW construiu um motor especial para enfrentar grandes altitudes, o BMW IV. A aeronave era um F37 do Deutsche Flugzeugwerke, especialmente modificada para enfrentar altitudes elevadas.

1923: A BMW anunciou a sua primeira motocicleta, a R 32, em 1923. Até então a empresa fornecia apenas motores para aviação. O conceito básico do modelo original da BMW Motorrad – um motor boxer com cilindros longitudinais e eixo de transmissão – a ideia era tão boa que continua a ser empregada até hoje.

1925: Em 1925, a empresa começou a construir um segundo modelo de motocicleta, a R 37. Essa nova máquina foi concebida como um modelo esportivo e demonstrou suas qualidades ao longo de uma série de vitórias em corridas pela europa.

1928: A BMW tornou-se também fabricante de automóveis em 1928, com a compra da empresa conhecida como Fahrzeugfabrik Eisenach. O primeiro BMW foi construído sob licença da Austin Motor Company. Em 1932, o projeto original foi totalmente remodelado pela empresa, assumindo de vez a personalidade BMW.

 

BMW COMPETIÇÕES:

A década de 70, do século passado ver nasce o espírito Motorsport com o prazer de superar e de alcançar as mais altas exigências domundo esportivo. O BMW 3.0 CSL e a fundação da BMW Motorsport GmbH marcam o ano de 1972, inaugurando a história da BMW Motorsport. Logo em seguida, o conceito BMW Turbo é apresentado, vitórias em provas de 24 horas são conquistadas. Energia, jovialidade e esportividade definem a BMW Motorsport nos anos 70.

Década de 80: O BMW M1 e suas vitórias históricas em diferentes campeonatos como os de F1, DTM, Procar, Endurance e Europeu de Turismo marcam a presença da BMW Motorsport nesse período.

1982: A BMW desenvolve seu motor turbo para a Fórmula 1.

1984: São lançados os BMW M635 CSi, M1 e a geração dos BMW M5.

1986: Inicia-se uma nova era com a chegada do BMW M3.

1987: Roberto Ravaglia conquista o Campeonato Mundial WTCC e Winfried Vogt vence o Campeonato Europeu de Turismo, ambos ao volante do BMW M3.

1988: Chegam ao mercado o BMW M3 Cabriolet e a segunda geração do BMW M5.

1989: A dupla BMW M3 e Ravaglia vencem o Campeonato DTM.

Década de 90: Esta é a década de transformação dos sonhos em realidade: surgem os BMW M3 Coupé, BMW 850 CSI e BMW M5 Touring. A BMW Individual passa a fazer parte da BMW Motorsport GmbH, tornando-se BMW M GmbH, uma mudança que torna os BMW M ainda mais exclusivos.

1992: A BMW Motorsport apresenta lançamentos surpreendentes.

– BMW M3 Coupé – a dinâmica em forma de arte.

– BMW 850 CSI – tecnologias do futuro em um carro de série.

– BMW M5 Touring – a versatilidade em uma nova e musculosa interpretação.

1993: A BMW Motosport GmbH passa a se chamar BMW M GmbH, objetivando tornar os modelos BMW M ainda mais exclusivos.

1994: Ano que traz o BMW M3 nas versões Cabriolet e Sedã. É chegada a hora de um BMW Roadster ganhar o DNA M.

1997: É lançado o BMW Z3 M Roadster.

1998: É apresentado o BMW Z3 M Coupé e a terceira geração do BMW M5.

Anos 2000: A BMW M entra no novo milênio com lançamentos no mercado e vitórias nas pistas.

A terceira geração do BMW M3 Coupé é apresentada e o BMW M3 GTR vence a American Le Mans Series e as 24 Horas de Nürburgring. Estreiam também os BMW Z4 M e o BMW M3 Cabrio. Surge um novo BMW M5 e logo em seguida os BMW M6 Coupé e Cabrio. Em 2009, são lançados os BMW X5 M e BMW X6 M, considerados os mais rápidos e potentes SUV's do mundo, e em 2011 nasce o BMW 1M Coupé, resgatando características do primeiro BMW M3.

2000: A terceira geração do BMW M3 Coupé é lançada.

2001: BMW M3 GTR e Jörg Müller vencem o American Le Mans Series. Os BMW Z4 M e BMW M3 Cabriolet são apresentados juntamente com a versão de rua do BMW M3 GTR.

2003: Estréia do BMW M3 CSL.

2004: O BMW M3 GTR conquista dupla vitória nas 24 Horas de Nürburgring.

2005: São lançadas a quarta geração do BMW M5 e a primeira geração do BMW M6 Coupé. O BMW M3 GTR repete o sucesso alcançado no ano anterior, conseguindo dupla vitória nas 24 Horas de Nürburgring.

2006: A beleza e a esportividade tomam novas formas a "céu aberto", com o BMW M6 Cabrio, e de maneira ainda mais dinâmica, com o BMW Z4 M Coupé.

2007: Ano movimentado pela chegada da quarta geração dos BMW M3 Sedã e Coupé e do BMW M5 Touring.

2008: Mais um ano empolgante motivado pelo BMW M3 Cabriolet.

2009: Lançamento dos BMW X5 M e BMW X6 M, os mais rápidos e potentes SUV's do mundo. O BMW M3 GTS também é revelado, um carro de pista que pode ser usado nas ruas.

2010: Depois de dois meses de espera, a BMW finalmente revela as primeiras fotos do Z4 que será usado nas pistas. O carro sofreu uma série de modificações para ser homologado pela FIA e recebeu o mesmo motor V8 de 480 cavalos que equipa o M3. Com o preço estimado de R$ 750 mil (na europa), um foguete apto a participar de provas de endurance e de diversos campeonatos da categoria GT3, como o GT Brasil.

2011: O mundo recebe o BMW 1M Coupé, um carro que resgata muitas características do primeiro BMW M3.

Fonte: http://autobmwbrasil.com/historia-da-bmw

 

alt alt alt alt

O MODELO SOB ANÁLISE:

 

Como parte do seu programa de competições, a BMW Motorsport passou a oferecer às equipas privadas a partir de 2010: O BMW Z4 GT3. Carro esporte que oferece uma gama de variações e assessórios, proporcionando a pilotos e equipes a oportunidade de competir em diversas categorias de campeonatos nacionais e internacionais, em conformidade aos regulamentos GT3 – como o FIA GT3 European Championship, International GT Open e da ADAC GT Masters – bem como na categoria de Endurance - WEC (6 ou 24 horas).

 

O BMW Z4 GT3 é impulsionado por um motor de quatro litros e oito cilindros produzindo cerca de 480 cv. Quando se trata de produtos eletrônicos, as equipes privadas podem esperar soluções inovadoras da BMW, o motor é controlado por uma ECU (central eletrônica) moderna, série 408, enquanto a unidade de controle Power400 é responsável pela exploração de todos os sensores. A transmissão é sequencial de seis marchas. Também inclui neste pacote de fábrica, ganchos de segurança (reboque), bem como sistema de freios com ABS e ar condicionado opcional.

 

O GT3 BMW Z4 foi disponbilizada para venda, na versão de competição, a partir do segundo trimestre de 2010, a um preço estimado de 298.000 € (euros). O BMW Z4 GT3 continua a liderar a gama de veículos disponíveis da BMW Motorsport, seja em vendas ou em distribuição. Outras melhorias foram introduzidas para 2015, e o carro está novamente atualizado para atuar junto a equipes e pilotos privados BMW, mesmo em eventos e campeonatos que seguem os regulamentos GT3 na Europa, Ásia e América do Norte.

 

O bloco do motor é um V8 produzido pela BMW em Landshut Foundry. BMW Dingolfing, apresentando tração traseira, entre outras coisas. Especialmente voltado para competições, possui capota, teto, para-lamas, asa traseira, e muitas outras peças em fibra de carbono e plástico reforçado.

 

O chassi de aço do BMW Z4 GT3, conta com uma célula de segurança feita de tubos de alta resistência soldados no formato de gaiola, fabricado pela própria BMW, na Fábrica de Regensburg. Dessa maneira, o chassi do carro de corrida é produzido na mesma linha de montagem da versão de rua. Só no fim desse processo é que o chassi de corrida segue para o restante de sua produção, de forma manual. No total, leva cerca de 700 horas para se montar completamente uma BMW Z4 GT3.

 

2013 foi um ano de grande sucesso para o Z4 GT3, que ganhou várias corridas da série GT ao redor do mundo. Ele também alcançou seu primeiro pódio nas 24 Horas de Nürburgring, terminando em segundo lugar. A temporada de 2014 foi ainda mais bem sucedida. Entre outros, o carro ganhou o título no Campeonato de GT Britânico.

 

 

FICHA TÉCNCA:

 

Comprimento: 4,387 m

Largura: 2,012 m

Altura: 1,210 m

Distância entre Eixos: 2,509 m

A capacidade do tanque: 115 litros

Motor: Oito cilindros em V

Capacidade: 4.361cc

Potência aproximada: 535hp (dependendo de normas quanto a entrada ar no motor)

Diâmetro x curso: 92 x 82 mm (máximo).

Rotação máxima: 8.750 rpm

 

 

O MODELO EM ESCALA 1/24:

 

Modelo produzido em poliestireno pela Fujimi (Japão), existindo a disposição dos mais aficcionados, diversos kits de detalhamento (PE, rodas, decais, etc.), produzidos por diversos fabricantes, especialmente para oeste modelo. Trata-se, no entanto de um "curb side" com 122 partes (graças a três árvores extras, devido às variações aplicáveis ao modelo, como aerofólios, retrovisores, etc.) o que mesmo assim é um excelente número de peças, muito acima da média para este segmento, uma vez não apresentar motor.

 

Apresenta decais de boa qualidade, inclusive uma máscara para o acabamento das partes transparentes (para-brisas e vidros laterais) e nesta "nova injeção" traz possibilidade para duas versões distintas, no entanto, ao nosso ver, o manual é bastante simples, com "apenas" quatro páginas, aglutinando vária fases de montagem em uma única etapa, o que para alguns significa maior atenção no momento de sua operação.

 

 

 

alt alt alt alt

  

 

O modelo traz partes referentes a versões de anos anteriores a 2013, o que proporciona a montagem de mais de uma versão, auxiliando inclusive em um melhor acabamento e fidelidade ao auto que será montado. Partes bem injetadas, onde se notam bosns detalhes, com pouquíssimas rebarbas e linhas de injeção, sugerindo uma construção fácil e precisa.

 

 

alt alt alt alt
alt alt alt alt

 

 

Os cromados, principalmente faróis e lanternas trazem excelente resolução e realismo, proporcionando uma representação bastante fiel do modelo com relação ao auto de verdade, principalmente quanto a detalhes que podem ser introduzidos pelos acabamentos em fotocorrosão (PE). Pneus (com detalhes das cintas de ombro) e rodas com opção para mais de um veículo e consequente categoria, fornecem mais subsídios a quem procura uma maior variação no trabalho final. Não se pode esquecer das transparências, muito bem injetadas e com boa qualidade de acabamento.

 

 

alt alt alt
alt alt alt

 

Infelizmente no que diz respeito à montagem do chassi, este apresenta sua injeção sem a conjugação das caixas de rodas (fabricação em separado), o que como se tem insistido aqui, implica em um maior cuidado na montagem, tanto por conta do alinhamento das peças, quanto pela fixação destas pois, com o tempo, a tendência dos adesivos empregados (ciment) é de perderem a eficiência, procando o "desprendimento" dessas peças, o que não ocorre em uma confecção em peça inteiriça. 

Por outro lado, superfícies com detalhes em baixo relevo, boa resolução e acabamento propiciam uma montagem fácil e segura dessas partes, chamando a atenção o lado inferior do chassi, a área interna do sobrechassi, o volante e o painel de instrumentos, peças de muito boa qualidade e alinhamento.

alt alt alt alt
alt alt alt alt

 

  

PRÓS:

1) Injeção de boa qualidade com encaixe preciso das peças;

2) Excelente detalhamento em alto e baixo relevo, sem as imitações de parte elétrica (cabos);

3) Possibilidade de montagem de mais de uma versão, haja vista a quantidade de partes voltadas para este fim.

 

CONTRAS:

1) Chassi injetado em separado das caixas de rodas, exigindo mais atenção e cuidados nessa fase de montagem;

2) Manual simplório, juntando em uma única etapa várias fases de monagem, exigindo mais atenção em sua realização para não se "pular etapas";

3) Pela qualidade e importância do modelo no mundo das competições, bem merecia um motor.

 

CONCLUSÃO:

Modelo que traz todos os requisitos para uma montagem fácil e de bom acabamento, em virtude da qualidade das peças apresentadas e encaixes precisos. Injeção que proporciona a realização de mais de uma versão, aumentando as possibilidades do modelista.

Mais uma vez, a se lamentar não ser fabricado com motor, levando-se em consideração a qualidade do material com que é produzido e seu detalhamento. Modelo que já conta com uma gama considerável de assessórios, como Photo Etched, decais e rodas, postos no mercado, por uma sériede fabricantes. Este é também um daqueles modelos que não podem faltar na coleção dos que gostam de autos de competição. 

 

 

Obrigado Hobbyeasy pelo envio deste kit para review !

Hobby Easy

            

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum