S-100 Schnellboot - Bronco 1/350
Escrito por Nelson Rapello   
Sáb, 24 de Outubro de 2009 00:00
German S-100 Class Schnellboot - Bronco 1/350
Item NB5004

 

Histórico:

As primeiras experiências com lanchas armadas com torpedos se deram na Alemanha ainda durante a Primeira Guerra Mundial, com 4 embarcações construídas e que obtiveram um relativo sucesso. Embora não houvesse restrições específicas no Tratado de Versalhes, os alemães preferiram manter em segredo o desenvolvimento desses barcos durante o período entre guerras. Somente no início da década de 30 é que elas foram oficialmente comissionadas na marinha alemã, sendo desde o início designadas como Schnellboots. A partir da lancha S-1 foram incorporadas as classes S-2, S-6, S-7, S-14, S-18, S-26, S-30, S-38, S-38b, S-100 e S-151 até o final do conflito.

 

Baseada na experiência de combate adquirida no Canal da Mancha, a Classe S-100 começou a ser comissionada em meados de 1943. Muito similar a classe anterior S-38, as S-100 tiveram a blindagem da ponte e o canhão de proa incorporados ao projeto desde o início, assim como as placas de blindagem adicionais de proteção dos turbo-compressores dos motores.

 

As S-100 mantiveram as dimensões externas das S-38, com 35 metros de comprimento, 5,1 metros de largura e 1,5 metro de calado. Deslocavam cerca de 100 toneladas e eram impulsionadas por 3 motores Daimler-Benz de 2.500 hp cada, sendo capazes de atingir a velocidade de 42 nós. Sua autonomia era de 700 milhas náuticas e levavam uma tripulação de cerca de 30 homens. Seu armamento consistia de 2 tubos de torpedos de 21 polegadas instalados na parte superior do casco, sendo que um ou dois torpedos por tubo eram transportados conforme a situação. Um canhão MG C/38 de 2cm guarnecia a proa, 1 anti-aéreo duplo MG C/38 de 2cm era instalado a meia-nau e um canhão Flak M42 de 3,7cm ficava a popa, sendo que esse ocasionalmente era substituído por um Flak 28 de 4cm. A produção das S-100 começou em meados de 1943 durando até os últimos dias da Segunda Guerra Mundial, com cerca de 80 embarcações construídas. Algumas S-100 ainda tiveram uso em outras marinhas após a Segunda Guerra.

 

O kit:

O kit vem embalado em uma caixa de papelão contendo uma árvore em plástico cinza com 26 peças, um conjunto de photo-etche, uma folha de decalques e uma folha de instruções.

 

A árvore única contém as peças que compõem o casco, o convés, os 2 torpedos previstos, o armamento principal e outros detalhes. A injeção é de excelente qualidade e alguns detalhes já vêm estampados no convés. Isso não chega a ser um inconveniente, levando-se em consideração o tamanho diminuto desses detalhes na escala 1/350. É prevista ainda a montagem waterline, havendo um fundo de casco plano opcional para esse caso.

 

O photo-etche de excelente qualidade vem envolto em uma película transparente que previne a sua oxidação com o tempo. Nele estão representados as amuradas, grades, hélices, âncoras, escudo do canhão da popa, escadas, etc. Foi prevista ainda um amurada coberta com lona opcional que permite montar esse tipo de configuração que aparece com bastante freqüência nas fotos das S-100.

 

O decalque é de boa qualidade e permite a opção entre 3 versões, destacando-se entre elas a S-204 que encontra-se muito bem documentada com fotos e desenhos na 'Squadron Signal 4018 – Schnellboot in Action'.

 

A folha de instruções é impressa em papel semi-brilhante e descreve com clareza todas as etapas de montagens através de desenhos.

A instrução de pintura e aplicação dos decalques encontra-se impressa a cores no verso da caixa. As cores principais estão referenciadas com os respectivos códigos equivalentes do Federal Standart, havendo ainda uma tabela de correlação entre as cores das marcas Gunze Sangyo, Hobby Color, Humbrol e Tamiya.

 

Conclusões:

Aqui vemos com satisfação mais um tradicional fabricante de blindados marcando sua presença no mercado das embarcações 1/350. A proposta da Bronco não foi criar um kit para disputar em termos de detalhamento com as S-100 1/72 da Revell ou 1/35 da Italeri, mas realizar um bom kit na 1/350 com detalhes bastante compatíveis com os dos melhores modelos de embarcações nessa escala. Nesse aspecto ela foi bastante feliz, principalmente pelo uso adequado e sem exageros do photo-etche para representar detalhes que não ficariam convincentes em plástico injetado. A S-100 montada nessa escala fica com cerca de 10cm de comprimento, o seu pequeno tamanho associado a opção de montagem waterline a torna ideal para compor um diorama com algum dos submarinos alemães da AFV Club nessa escala, ou até mesmo com um dos navios de linha que hoje estão no mercado. A única omissão do kit na minha opinião, foi a não previsão de uma base para exposição com o casco normal. Principalmente se levarmos em consideração a delicadeza das pequenas hélices em photo-etche. A parte esse detalhe de muito fácil solução, o kit é altamente recomedável.


 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum